PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Justiça nega pedido de soltura de acusado de chefiar tráfico de drogas na Serrinha

Alan Darlan Batista de Lima foi preso em outubro de 2020. Argumento da defesa foi por conta das consequências da pandemia de Covid-19

11:55 | 08/04/2021

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará negou o Habeas Corpus pedido pela defesa de Alan Darlan Batista de Lima, 30, acusado de chefiar o tráfico de drogas na Serrinha, na periferia de Fortaleza. O pedido do advogado do acusado foi feito no dia 24 de março deste ano, mas foi publicado no Diário de Justiça Eletrônico somente na última terça-feira, 6. Entre os argumentos da defesa está a possibilidade de soltura por conta das consequências da pandemia de Covid-19.

Em nota, o TJCE informou que Colegiado manifestou-se por destacar inexistentes os fundamentos que justifiquem a revogação da prisão. “Além disso, não há demonstração que indique que Alan esteja incluído em grupo de risco da doença”, informou.

Alan Darla, conhecido como Bida, foi preso em outubro de 2020. Ele já respondia por tráfico de drogas, associação para o tráfico, associação criminosa e por dirigir sem habilitação. Com ele foram apreendidos um revólver calibre 38 com cinco munições, mais de R$ 1.200,00 em espécie, celulares e comprovantes de depósitos bancários.