PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Oito estabelecimentos são interditados nesta sexta e sábado por violação do lockdowm em Fortaleza

Entre os dias 12 e 13 de março foram realizadas um total de 34 ações de fiscalização em Fortaleza buscando garantir o cumprimento do decreto de isolamento social

Alan Magno
22:17 | 14/03/2021
Balanço parcial da fiscalização do lockdown em Fortaleza registra oito estabelecimentos interditados entre sexta-feira, 12, e sábado, 12  (Foto: FABIO LIMA)
Balanço parcial da fiscalização do lockdown em Fortaleza registra oito estabelecimentos interditados entre sexta-feira, 12, e sábado, 12 (Foto: FABIO LIMA)

Neste final de semana, oito estabelecimentos foram interditados pela Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis).  A informação foi divulgada pela pasta na noite deste domingo, 14, e faz parte do balanço parcial das fiscalizações do cumprimento das medidas restritivas em vigor pelo atual decreto de isolamento social. Os dados dizem respeito as ações realizadas entre a sexta-feira, 12, e o sábado, 13.

LEIA TAMBÉM | Após ser autuado duas vezes em três dias, supermercado de Fortaleza é fechado por "tempo indeterminado"

Ao todo, no período citado, foram realizadas 34 ofensivas de fiscalização, tendo como resultado 11 autuações por desrespeito às regras do lockdown em Fortaleza, que proíbe o funcionamento de serviços não essenciais e a circulação sem justificativa de pessoas como forma de desacelerar a disseminação da Covid-19 e assim evitar o colapso do sistema de saúde.

Com foco em evitar aglomerações e fiscalizar o funcionamento dos estabelecimentos de acordo com o permitido pelo decreto em vigor, a Agefis destaca que conta com auxílio de denúncias da população como forma de complementar a busca ativa por irregularidades. A Inspetoria de Proteção Ambiental (Ipam), assim como a Guarda Municipal de Fortaleza (GMFor), a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e o Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA) auxiliam na fiscalização.

Em uma semana de lockdown, a Agefis emitiu 52 documentos fiscais diante da comprovação de irregularidades. Entre o dia 5 de março, data da implementação do isolamento social rígido na Capital, até o sábado, 13, foram computadas 343 ofensivas de fiscalização, 27 autuações e 25 notificações.

LEIA MAIS | Em 70 dias, Fortaleza tem 110 eventos encerrados e 133 estabelecimentos interditados

Foram 12 estabelecimentso interditados e 15 feiras a céu aberto encerradas. A fiscalização foi reforçada nos locais onde tradicionalmente são montadas as feiras livres e a Agefis afirma realizar ações preventivas em dez localidades como forma de prevenir a montagem das barracas e os focos de aglomeração. Ao todo, foram encerradas feiras nos bairros: Messejana, São Cristóvão, Benfica, Goiabeiras, Parangaba, Vila Velha, Barra do Ceará, Canindezinho e Demócrito Rocha.

Além disso, em uma semana, quatro festas e/ou eventos também foram interrompidos pela fiscalização na Capital. Em paralelo, quatro paredões de som foram apreendidos em outros casos.

Denúncias de descumprimento do lockdown podem ser feitas por meio do aplicativo Fiscalize Fortaleza (disponível para Android e IOS), do site “denuncia.agefis.fortaleza.ce.gov.br” e dos telefones 156 e 190.