Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Estudantes do Ceará fazem prova no segundo dia do Enem

Os estudantes podem entrar no local de prova até as 13 horas, no horário de Brasília, e as provas começam a ser aplicadas às 13h30min
12:09 | Jan. 24, 2021
Autor Rubens Rodrigues
Foto do autor
Rubens Rodrigues Repórter do OPOVO
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Estudantes começam a chegar para o segundo dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), na manhã deste domingo, 24. Os portões abriram às 11h30min. Os estudantes podem entrar no local de prova até as 13 horas, no horário de Brasília, e as provas começam a ser aplicadas às 13h30min. Eles têm até às 18h30min para concluir o exame. Neste domingo, os participantes fazem as provas de matemática e de ciências da natureza, com 45 questões cada.

Aluno do Liceu Estadual Professor Domingos Brasileiro, no bairro Planalto Ayrton Senna, o estudante Nathan Uchôa, 18, chegou ao local de prova, na Faculdade Pitágoras, no Centro, às 11 horas. “Moro lá no Maracanaú e dependo de ônibus, então, saí mais cedo para não correr o risco de perder”, conta.

LEIA TAMBÉM | Professores se reúnem para resolver questões do segundo dia do Enem

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O jovem, que acabou de terminar o ensino médio, conseguiu fazer a prova no primeiro dia de Enem, mas lamenta por quem teve algum problema. “Não tem sido nada fácil com a pandemia. Muita gente foi prejudicada. O ensino remoto não é nada fácil e sinto que 2020 foi um ano realmente difícil para quem é estudante”.

Candidatos também fazem prova na Estácio, no Centro da Cidade
Candidatos também fazem prova na Estácio, no Centro da Cidade (Foto: Deísa Garcêz/Especial para O POVO)

Eduarda Gurgel, 18 anos, aluna do colégio Master, conta que se sente vitoriosa por estar realizando a prova do Enem. “Quem passar na faculdade esse ano é um grande guerreiro. Foi muito difícil o ano. Nem todo mundo se dá bem com ensino remoto”, conta a estudante, que realiza a prova na Estácio Centro. Ela, que pretende estudar arquitetura, tem expectativas para o segundo dia de prova. “Gostei do primeiro dia, o tema da redação foi muito importante, mas gosto mais da área de exatas, então, tô com expectativa para as questões de matemática”.

O estudante Arthur Cardoso, 23, realiza a prova do Enem pela terceira vez e destaca ter sentido uma dificuldade maior este ano. “Faltou, ao longo de 2020, uma interação maior com os professores. Todos se esforçaram, mas no presencial é muito melhor”, conta. Para Arthur, 2021 deve continuar cheio de desafios. “Quero estudar História ou Direito e sei que o ensino remoto deve continuar neste ano”. Ainda na Estácio Centro, a reportagem chegou a flagrar uma candidata chegando no último minuto antes de fecharem os portões.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar