PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Médica morre atropelada ao tentar atravessar cruzamento em Fortaleza

O acidente ocorreu na esquina da avenida Dom Luís com a rua Coronel Jucá, no bairro Meireles.

18:34 | 21/01/2021
A médica Lúcia Belém trabalhava em um consultório na avenida Dom Luís e no Hospital da Messejana, em Fortaleza (Foto: Reprodução)
A médica Lúcia Belém trabalhava em um consultório na avenida Dom Luís e no Hospital da Messejana, em Fortaleza (Foto: Reprodução)

A médica cardiologista Lúcia de Sousa Belém, de 61 anos, morreu na tarde desta quinta-feira, 21. Ela foi atropelada ao tentar cruzar a esquina da avenida Dom Luís com a rua Coronel Jucá, no bairro Meireles, em Fortaleza. Lúcia tentou atravessar a via na faixa de pedestre quando uma condutora em um veículo Range Rover Evoque fez uma conversão à esquerda e atingiu a médica, que morreu no local. A motorista permaneceu no local para prestar esclarecimentos à Polícia.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a Polícia Militar do Ceará (PMCE) e a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram acionadas. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local, no qual constatou o óbito. O caso, que ainda está em andamento, será registrado no 9º Distrito Policial.

Considerada referência na cardiologia cearense, Lúcia Belém médica atuava desde 1992 no Hospital de Messejana, onde a Unidade Clínico-Coronariana recebe seu nome, além de já ter passado por outros hospitais da Rede Sesa. Ela também trabalhava em um consultório na avenida Dom Luís.

O Sindicato dos Médicos do Ceará emitiu uma nota de pesar em solidariedade a amigos, família e admiradores. “O Sindicato dos Médicos do Ceará manifesta profundo pesar pelo falecimento, nesta quinta-feira (21), da médica Dra. Lúcia de Sousa Belém. Expressamos nossos sentimentos de condolências e solidariedade aos familiares, amigos e admiradores que a estimam e partilham a dor pela sua partida.”, disse a nota.

Em nota, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) também expressou "profundo pesar" pelo falecimento da cardiologista Lúcia de Sousa Belém. "Sua dedicação ao serviço público e o espírito solidário deixarão saudades nos colegas. Dra. Lúcia participou da formação de gerações de médicos e sempre será exemplo na incansável luta de dar aos cidadãos acesso ao sistema de saúde. Neste momento de dor, todos os profissionais que fazem a Secretaria da Saúde do Ceará se solidarizam com familiares e amigos", diz a nota.

Leia Também | Incêndio atinge casa no bairro José Walter

A Associação Brasileira de Medicina de Emergência Ceará (Abramed-CE) também prestou homenagem à médica cardiologista pela sua contribuição no Estado. "A ABRAMED-CE vem a público oferecer sua homenagem a Drª Lúcia Belém pela grande contribuição para o surgimento de nossa especialidade no Ceará, bem como pela sua luta diuturna por uma assistência de melhor qualidade na emergência. Sua dedicação e bravura jamais serão esquecidas. A Medicina de Emergência está em luto por essa perda inestimável", diz a nota.