PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Sete restaurantes são notificados na primeira semana de reabertura por descumprir decreto

Estabelecimentos podem funcionar em tempo reduzido e atender metade da capacidade

Ítalo Cosme
21:05 | 28/06/2020
Fiscalização da Agefis na orla de fortaleza, fechando e parando alguns ambulantes. Em época de Covid-19 (Foto: Aurelio Alves/O POVO)
Fiscalização da Agefis na orla de fortaleza, fechando e parando alguns ambulantes. Em época de Covid-19 (Foto: Aurelio Alves/O POVO)

Atualizado em 29/06/2020 às 13h21min

Na primeira semana de reabertura dos restaurantes em Fortaleza, sete restaurantes foram notificados por descumprirem a legislação vigente e os decretos municipais de enfrentamento à Covid-19. Conforme a Agência de Fiscalização(Agefis), as ocorrências foram entre 22 e 26 de junho. Os empreendimentos podem abrir para o almoço, de 9 horas as 16 horas. Na terceira fase de retomada econômica, deve ser liberada a abertura para jantar.

Como O POVO mostrou, os restaurantes de Fortaleza registraram fluxo de clientes abaixo do permitido pelo decreto estadual nº 33.631, que é de 50%.  Segundo a Agefis, só entre a última sexta-feira, 27, e este sábado, outros 49 restaurantes, lanchonetes e congêneres foram fiscalizados para verificar se os alimentos estão sendo manipulados de forma adequada e segura, conforme as legislações vigentes e os Decretos Municipais sobre as ações de enfrentamento à Covid-19.

Destes 49, 25 foram notificados, 15 estavam dentro dos padrões higiênico-sanitários e cumprindo as determinações previstas, outros nove estavam fechados.

"Nos restaurantes, nós também verificamos o serviço de delivery, que é feito por entregadores, geralmente por motoqueiros, se há higienização do capacete, da moto, do compartimento de transporte de alimentos, que é o isopor. Eles devem fazer limpeza com álcool em gel a cada visita", comenta Lianna Campos, gerente de Elaboração de Planos de Fiscalização e fiscal de Vigilância Sanitária da Agefis.