PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Ex-PM condenado pelo "caso iraniano" é morto a tiros em Fortaleza

Jean Charles da Silva Libório era sargento da Polícia Militar quando foi acusado de comandar assassinatos a mando do iraniano Farhad Marzivi

20:45 | 09/06/2020
Primeira página do O POVO no dia da condenação de Jean Charles da Silva Libório (Foto: Acervo O POVO)
Primeira página do O POVO no dia da condenação de Jean Charles da Silva Libório (Foto: Acervo O POVO)

O ex-PM Jean Charles da Silva Libório, condenado a 14 anos de prisão pela acusação de articular a morte do Empresário Francélio Holanda, no dia 8 de julho de 2010, foi morto a tiros no bairro Vila Manuel Sátiro, em Fortaleza, nesta terça-feira, 9.

A informação foi confirmada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Conforme o órgão, Jean tinha 45 anos de idade e possuía antecedentes por homicídio, associação criminosa e receptação. O crime foi praticado por dois homens que estavam em um automóvel na rua Padre Arimatéia.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), a Polícia Civil investiga o caso. 

Jean era sargento da Polícia Militar quando foi acusado de comandar assassinatos a mando do comerciante do ramo de eletrônica, o iraniano Farhad Marzivi. O bairro Vila Manuel Sátiro, onde teria acontecido o crime, foi o bairro onde outros três policiais militares foram executados no ano de 2018.

 

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3257-4807, do DHPP, ou ainda para o número (85) 99111-7498, que é o WhatsApp do Departamento, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem