PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Delegada e filha baleadas estão internadas após cirurgia

Vítimas estão estáveis, de acordo com a unidade de saúde

Rubens Rodrigues
12:36 | 30/03/2020

A delegada adjunta da Delegacia de Capturas (Decap) da Polícia Civil, Fabiane Rocha Mota, e uma das filhas estão internadas após passarem por cirurgia nesse domingo, 29. Fabiane foi baleada na manhã de ontem, 29, no bairro Curió. O POVO apurou que o estado de saúde das duas vítimas é estável.

O suspeito do crime é o próprio marido de Fabiane, conforme informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Os dois filhos do casal também ficaram feridos. O pastor, de 57 anos, cometeu suicídio após a ação criminosa.

A polícia foi acionada, por volta das 11 horas desse domingo, para atender a ocorrência com quatro pessoas feridas na rua Francisco Leandro, bairro Curió, Área Integrada de Segurança 3 (AIS 3). As vítimas foram socorridas por ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhadas para uma unidade hospitalar. As três vítimas, mãe e filhos, seguem hospitalizadas.

Inicialmente, uma composição do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) foi enviado ao local do crime. Depois, equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e dos 2º e 30º Distritos Policiais da PCCE e da Polícia Militar do Ceará (PMCE) realizaram os primeiros procedimentos.

"A Polícia Civil do Estado do Ceará lamenta o fato e ressalta que presta toda assistência a servidora e seus filhos", diz a nota da SSPDS. A Polícia informou que apura o que poderia ter motivado o crime. Fabiane Rocha já foi titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), em Sobral.