PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Superlua atrai curiosos para a Praia de Iracema; confira fotos

Alguns dos presentes carregavam consigo câmeras, buscando registrar o momento em a Lua está cheia e na posição mais próxima da Terra, fenômeno chamado de Superlua

Izadora Paula
19:29 | 09/03/2020
Fenômeno Superlua em Fortaleza
Fenômeno Superlua em Fortaleza (Foto: Júlio Caesar / O POVO)

Reunidas para apreciar um fenômeno astronômico, um grupo de pessoas esteve no espigão da Rui Barbosa, na Praia de Iracema, observando a Superlua na noite desta segunda-feira, 9 de março (09/03), em Fortaleza. Alguns dos presentes carregavam consigo câmeras, buscando registrar o momento.

O produtor audiovisual Raimundo Nonato ficou sabendo do fenômeno que ocorreria nesta noite e levou um equipamento profissional para acompanhar a Lua. "É um momento especial. Tá lindo, maravilhoso, sensacional. É um momento para a gente apreciar a criação. A cidade já é maravilhosa, com a Lua é mais ainda", contou ao O POVO o fortalezense, que mora em São Paulo mas está na Capital cearense durante as férias. 

Clique na imagem para abrir a galeria

Também no local, Maria Alice Alencastro aguardava o ápice da Superlua para registrar os momentos. Conforme a advogada, que disse ser fotógrafa por hobby, ela aproveitaria a presença de um casal próximo para compor imagens que remetem a uma "lua dos namorados". Praticante da fotografia há cerca de quatro anos, Maria Alice contou que já faz algum tempo que não registrava imagens. "Espero que as fotos sejam legais", afirmou.

Mais sobre a Superlua

O próximo e último do ano ocorrerá um mês depois, em 8 de abril. Com datas próximas, os dois dias finalizam essas ocasiões astronômicas de 2020.

A órbita da Lua é elíptica, por isso, existem momentos em que está mais próximo ou mais distante do nosso planeta. Além disso, as fases do satélite natural mudam em um período que pode ser considerado semanal.

Então, quando a Lua está cheia e na posição mais próxima da Terra, ocorre o que é chamado de Superlua. Por isso, fica até 14% maior e 30% mais brilhante que o normal.

Apesar de ser um evento relativamente previsível, as datas dos anuários astronômicos às vezes variam de acordo com o observatório que pesquisou. Ou seja, existe uma divergência entre o intervalo de tempo do perigeu (ponto mais próximo de um astro ou satélite da Terra) e a Lua cheia.

Mais sobre astronomia

>> Confira aqui os fenômenos astronômicos de 2020

>> Astronomia: estrelas gigantes e supernovas

Com informações de Matheus Facundo