PUBLICIDADE
Curiosidades
NOTÍCIA

Confira os fenômenos astronômicos de 2020

De Lua azul à chuva de meteoros, brasileiros terão muitos motivos para observarem o céu neste ano

20:06 | 03/01/2020
Eclipses estão entre os fenômenos que acontecem em 2020
Eclipses estão entre os fenômenos que acontecem em 2020 (Foto: Reprodução/ Getty images)

Lua azul, eclipses e chuvas de meteoros. Esses são apenas alguns dos fenômenos que o calendário astronômico de 2020 registra. Curiosos e amantes da ciência vão ter muitos motivos para prestarem atenção no céu neste ano. O POVO conversou com um especialista em astronomia para entender os eventos que vão acontecer.

Annibal Hetem Junior, professor da Universidade Federal do ABC (UFABC) e especialista em Astronomia e Astrofísica, listou os principais fenômenos da área, que ocorrem em 2020. Confira:

1. Eclipses

Segundo o especialista, um eclipse parcial da lua acontece logo após o pôr do Sol, entre os dias 4 e 5 de julho, sendo visto apenas no hemisfério norte. Já no dia 14 de dezembro, ele destaca que acontece o momento astronômico mais importante do ano: o eclipse solar total, que será visto parcialmente em algumas áreas do Brasil, ainda não divulgadas.

Um eclipse solar acontece quando a Lua está localizada entre o planeta Terra e o Sol, cobrindo a terra por uma sombra. “É um momento único, que nos mostra que, debaixo de todos os astros que andam pelo cosmos, nós estamos todos no mesmo nível,” destaca o professor.

2. Super-luas

Uma série de quatro super-Luas ocorre entre fevereiro e maio deste ano, segundo Annibal. Ele destaca que “uma superlua é um momento no qual a Lua cheia aparece um pouco maior do que o normal, e é muito interessante para os astrônomos porque permite ver mais detalhes do satélite.”

3. Chuva de Meteoros

Alguns meses do ano reservam um espetáculo "estelar". Em abril, maio e agosto uma chuva de meteoros vai cair do céu, principalmente durante a noite. Vindo da direção das constelações de Gêmeos e Perseus, os meteoritos são detritos de asteroides e outros corpos planetários.

4. Lua azul

O próximo Dia das Bruxas, 31 de outubro, ganha um detalhe curioso. O especialista afirma que a Lua cheia vai utilizar seu brilho máximo nesse período, devendo repetir o gesto na noite que se seguir. O fenômeno ganha o nome de “Lua Azul” mas o satélite não vai apresentar uma cor azulada. O apelido é devido a potência e a raridade em que o evento acontece. A próxima Lua azul que ocorre no Dia das Bruxas no Brasil é apenas no ano de 2039, como afirma Annibal.

5. Encontro da Lua com Marte

Durante a noite do dia 18 de fevereiro será possível ver a lua passar na frente de Marte. Segundo informações do professor, o planeta ficará bem próximo do satélite, desaparecendo lentamente atrás dele. Depois de aproximadamente duas horas ele retorna a aparecer, dessa vez em outro ângulo. Não será preciso usar telescópio para analisar o fenômeno.

6. Aproximação de Júpiter e Saturno

Outro momento possível de análise a olho nu será quando Júpiter e Saturno, os dois maiores planetas do sistema solar, se aproximarem. Annibal informa que o encontro vai promover um “espetáculo” no céu, em meados de julho.