PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Justiça prorroga novamente a conclusão do inquérito policial da tragédia do Edifício Andrea

O novo adiamento se deu "tendo em vista a grande complexidade das investigações" acerca do desabamento que deixou nove pessoas mortas em outubro último

18:15 | 15/01/2020
Edifício Andrea desabou em 15 de outubro
Edifício Andrea desabou em 15 de outubro (Foto: Fábio Lima / O POVO)

O prazo para a conclusão do inquérito policial sobre a tragédia do Edifício Andrea foi estendido novamente por mais 30 dias. A promotora de Justiça Ana Cláudia de Morais, da 93ª Promotoria de Fortaleza, assinou a decisão na última quinta-feira, 9.

O novo adiamento se deu "tendo em vista a grande complexidade das investigações" acerca do desabamento que deixou nove pessoas mortas em outubro último.

A promotora ressaltou ainda a imprescindibilidade do Laudo Técnico Pericial e do restante das diligências para que se tenha indícios suficientes para o prosseguimento do inquérito e, posteriormente, para o ingresso com a Ação Penal.

O último prazo dado havia sido no dia 29 de dezembro. O delegado titular do 4º Distrito Policial (DP), José Munguba Neto, havia informado que "fatos novos" provavelmente fariam com que o inquérito se estendesse.