PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Ordem de serviço para reforma da CeArt é assinada nesta sexta

Presente no evento, a primeira-dama, Onélia Santana, esteve entre as assinantes da ordem e comemorou o investimento, que está na ordem de R$ 2,4 milhões

Izadora Paula
21:07 | 10/01/2020
A primeira-dama, Onélia Santana, durante a assinatura da ordem de serviço da reforma da CeArt
A primeira-dama, Onélia Santana, durante a assinatura da ordem de serviço da reforma da CeArt (Foto: Izadora Paula/Especial para O POVO)

Foi assinada na tarde desta sexta-feira, 10, a ordem de serviço da reforma da Central de Artesanato do Ceará, a CeArt, em evento que contou com a presença de autoridades e artesãos. O momento foi marcado por celebração dos presentes, felizes com a intervenção no local, que fica no centro da Praça Luiza Távora. Presente no evento, a primeira-dama, Onélia Santana, esteve entre as assinantes da ordem e comemorou o investimento, que está na ordem de R$ 2,4 milhões.

A obra irá incluir novas instalações hidrossanitárias, troca de piso e telhados, climatização da loja e modernização do layout, mantendo a estrutura característica do local. A titular da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), Socorro França, ressaltou a importância cultural da loja, bem como da praça, no cotidiano do cearense. "As pessoas vem para cá a noite, vem brincar, trazer as crianças... Este é, na realidade, um espaço familiar".

Conforme a secretária, a reforma, que tem prazo de entrega de 180 dias, não irá afetar a movimentação de clientes. "Durante esse tempo de obra, iremos dividir o espaço. Uma parte fica vendendo, a outra em reforma. Vamos primeiro cuidar da parte administrativa", explicou. Além do prédio CeArt, a Praça Luíza Távora também vem recebendo melhorias estruturais. Os castelinhos estão passando por revitalização, há três meses, e a obra de reforma do vagão do trem inicia próxima semana.

Onélia Santana entrega as identidades artesanais, impressas em papel moeda
Onélia Santana entrega as identidades artesanais, impressas em papel moeda (Foto: Izadora Paula/Especial para O POVO)

A primeira-dama, Onélia Santana, falou sobre a valorização da cultura e do artesanato local para justificar as intervenções. "A obra foi pensada de uma forma a deixar tudo mais esquematizado e também preservar mais o artesanato cearense e, com isso, atrair mais turistas para cá. É importante para o artesão cearense, para a economia do Estado, para a valorização da cultura, do artesanato em nossa cultura viva", ressaltou.

Representantes da Superintendência de Obras Públicas (SOP), do Sindicato dos Artesãos Autônomos do Ceará, da coordenação da CeArt e artesãos que trabalham no local estiveram presentes, onde, além da assinatura da ordem de serviço, houve também a entrega das identidades artesanais em papel moeda. O material, utilizado em documentos oficiais no Brasil e no Mundo, possui uma composição que proporciona mais segurança quanto a falsificações, e servirá também para garantir a isenção fiscal do ICMS nas peças artesanais, participação em cursos de aprimoramento e atualização de técnicas pela CeArt.

A primeira-dama, Onélia Santana, durante a assinatura da ordem de serviço da reforma da CeArt, posando para fotos com artesãos e autoridades presentes
A primeira-dama, Onélia Santana, durante a assinatura da ordem de serviço da reforma da CeArt, posando para fotos com artesãos e autoridades presentes (Foto: Izadora Paula/Especial para O POVO)