PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Fortaleza terá dois pontos a menos de alagamento nesta quadra chuvosa, garante secretária de Infraestrutura

Um deles fica na Alberto Craveiro, próximo ao viaduto do Makro. Local passa por obras desde o ano passado e é conhecido por ser um ponto alagado durante período chuvoso

11:44 | 06/01/2020
Área próxima ao viaduto do Makro é conhecida por conta de alagamento
Área próxima ao viaduto do Makro é conhecida por conta de alagamento (Foto: Evilázio Bezerra)

Para esta quadra chuvosa, que tradicionalmente começa no mês de fevereiro e segue até maio, Fortaleza deverá contar com dois pontos a menos de alagamento. Quem garante isso é Manuela Nogueira, secretária da pasta de Infraestrutura de Fortaleza."Para essa quadra chuvosa, das obras de maior porte, que a gente pode dizer que já vai ter uma influência maior na quadra desse ano, é ali na Alberto Craveiro, próximo ao viaduto do Makro. A gente acredita que, para março, a gente consiga ter um trecho daquela drenagem operando e não ter mais aquele alagamento gigante conhecido lá", explica.

O segundo ponto colocado pela secretária é que fica próximo da avenida Rui Barbosa com a rua Deputado Moreira da Rocha. "Esse também era um ponto de estrangulamento e alagamento da cidade. Essa vai ficar pronta até março", afirma. O anúncio foi feito durante abertura da obra de serviço da comunidade 7 de Setembro, no bairro Granja Lisboa, que aconteceu na manhã desta segunda, 6.

Manuela também pontuou que a requalificação da comunidade Jardim Glória (Che Guevara), no bairro Cajazeiras, deve ficar pronta ainda este ano, mas não dará tempo até março. Segundo Nogueira, a alteração maior só poderá ser sentida no período de chuvas de 2021.

Ainda sobre a quadra chuvosa, o prefeito Roberto Claudio, que também esteve presente na solenidade, disse que a prefeitura opera com um comitê de prevenção para o período. "Isso envolve limpeza, infraestrutura e saúde. Envolve limpeza de riachos, de bocas de lobo, de canais. Envolve também recuperação de pavimentos e infraestrutura como pontes, que normalmente cedem", explica. Preparação para aumento de viroses durante a quadra também é uma das preocupações do comitê.

O prefeito garantiu que uma coletiva de imprensa sobre o assunto está sendo programada. Nela, o balanço do que está sendo feito e do que segue sendo planejado serão apresentados.