Participamos do

Pedestres, ciclistas e condutores: saibam como enfrentar os dias de chuva com segurança

O POVO listou dicas para pedestres, ciclistas e motoristas que precisam transitar durante o período chuvoso em Fortaleza
14:49 | Jan. 02, 2020
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Dia de chuva é sinônimo de calça levantada para não molhar, chinelo de dedo para evitar encharcar os sapatos, guarda-chuva na mão e atenção redobrada ao transitar pelas ruas. Você já parou para pensar como seria útil saber como enfrentar o período chuvoso?

E quem utiliza bicicleta como transporte, quais cuidados deve ter? Além de dicas para condutores, O POVO  listou estratégias para pedestres e ciclistas passarem com segurança pelos dias chuvosos.

Pedestres

“Tendo em vista que 65% dos deslocamentos diários, pelos menos em parte, são realizados a pé, é importante que também o pedestre fique atento para transitar em condições de chuvas”, afirma Renato Campestrini, especialista em trânsito, mobilidade e segurança.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Para O POVO, ele listou as seguintes dicas:

> O primeiro ponto, que também cabe para o ciclista, é que em dias de chuvas seja dada preferência para roupas claras, que facilitem a visualização dos condutores de veículos motorizados ou não;

> Procure sempre utilizar calçados com boa aderência ao piso, uma vez que quando molhados, alguns pavimentos podem se tornar escorregadios, em especial nos pontos de entrada/saída de postos de combustíveis, estacionamentos coletivos;

> Também deve procurar estar sempre visível para atravessar uma via. Evite se posicionar atrás de obstáculos, espere em cima da calçada para maior segurança;

> Onde houver a necessidade de atravessar uma rodovia, procure sempre fazer o deslocamento em passarelas ou passagens específicas para isso. Atravessar uma rodovia com clima seco já é algo arriscado, fica ainda mais perigoso em condições de chuva;

Já as dicas abaixo são do Portal do Trânsito e da Associação Brasileira de Pedestres (Abraspe).

> Alagamentos podem esconder buracos e bueiros abertos. Não arrisque, procure um caminho onde o solo está visível;

> Cuidado com os desníveis entre o acostamento e o asfalto, que acumulam água;

> Ao tentar se abrigar, cuidado com as árvores velhas, que apresentam muita folhagem e grandes envergaduras. Também evite lajes que estejam visivelmente desgastadas, com ferragens aparecendo, por exemplo.

>> Chove em 50 municípios do Ceará no primeiro dia útil de 2020

Ciclistas

> Para o ciclista que precisa se deslocar com o veículo na chuva, a dica, além de roupas visíveis, é que procure acionar o sistema de iluminação da bicicleta, caso possua, para reforçar sua presença na via;

> Se possível, utilize um óculos transparente para evitar que os pingos caiam diretamente nos olhos, reduza a velocidade e esteja atento às condições do pavimento. Se eles estão com poças ou escondem buracos que podem levar à queda;

> Nas vias que possuem ciclovias ou ciclofaixas, preferencialmente transite por elas, pois são espaços geralmente dotados de meios para reforçar para o condutor do veículo automotor, que ali transitam ciclistas.

“Para quem não é ciclista, a frase 'Não vá pedalar pois está chovendo', é muito fácil de dizer. Mas para nós, pedalar na chuva é algo extraordinário. Observando sempre os cuidados de segurança”, garante Cassius Cleverson, proprietário da Loja Minas Bikes, especializadas em produtos para ciclistas. As dicas abaixo são dele:

> É sempre mais seguro pedalar em um percurso já conhecido;

> Se optar por usar uma capa de chuva, tenha cuidado para não ser longa e não encostar nas rodas;

> Os paralamas podem evitar que água suja seja jogada nas suas costas;

> Tenha uma boa bolsa impermeável junto ao corpo ou na bike para colocar seus pertences e celular;

> Procure usar óculos de ciclismo, com lentes próprias para chuva, para que não embacem e proteja seus olhos de possíveis objetos arremessados acidentalmente no percurso;

> Saia de casa com roupa mais fácil de secar, mas não se preocupe se estiver apenas passeando porque provavelmente ela secará na volta;

> Não passe dentro de poças, pois elas podem ter buracos e causar um acidente, além de ficarem cheias de óleo que caem dos carros e vão comprometer se a bike tiver freio a disco (tipo de freio mais utilizado por ciclistas por serem mais modernos e confiantes, segundo Cassius. O problema é que esse freio usa pastilha de resina que, ao passar na poça de óleo, pode sugar o conteúdo, podendo prejudicar os freios) ;

> Se a chuva estiver muito forte, ligue para os amigos e diga que vai aguardar. É mais seguro para a bicicleta e para o ciclista;

> Ao final, avalie se sua bicicleta precisa ser lavada e lubrificada. Opte por uma oficina de confiança para fazê-lo.

Condutores

> Reduzir a velocidade;

> Aumentar a distância do veículo que segue à frente;

> Sinalizar antecipadamente qualquer deslocamento lateral;

> Deixar de lado o celular e prestar atenção total ao trânsito;

> Sempre cuidar da manutenção do veículo, de forma que não seja surpreendido com a perda de aderência por pneus desgastados, palhetas dos limpadores que não funcionam ou lâmpadas queimadas no sistema de iluminação do veículo.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar