PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Projetos de intervenção urbana serão implantados em Fortaleza

Prefeitura de Fortaleza apresentou as propostas vencedoras do concurso "Cidade da Gente", que ofereceu um prêmio de R$ 15 mil para cada projeto que proporcione melhorias nas áreas de convivência de espaços urbanos

17:15 | 30/12/2019

Os vencedores do Concurso de Ideias "Cidade da Gente" apresentaram, na manhã desta segunda-feira, 30, no auditório do Paço Municipal, as propostas para seis diferentes áreas de Fortaleza que terão intervenções urbanas permanentes. Cada proponente ganhou um prêmio de R$ 15 mil, com premiação total de R$ 90 mil, para projetos que serão executados ao longo de 2020. O objetivo do edital é proporcionar espaços de convivência para a população e foi uma iniciativa da Prefeitura de Fortaleza, por meio do Instituto Cultural Iracema (ICI). 

“Lançamos o concurso de ideias para complementar as ações da Prefeitura que já estão sendo feitas nas áreas de saneamento, urbanização e drenagem. Para não ficar apenas no âmbito da infraestrutura, resolvemos dar espaço às iniciativas de urbanismo, preferencialmente nas regiões mais necessitadas da Cidade. É uma ação de impacto com baixo investimento”, destaca Samuel Dias, secretário de governo da Prefeitura de Fortaleza.

Beatriz Rodrigues, coordenadora de desenho urbano da Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária Global, compôs a banca avaliadora dos projetos. “Os projetos têm como propósito levar as pessoas para a rua, sendo esta transformada em um espaço público de mais qualidade e segurança viária. Todos os 27 projetos inscritos no edital (lançado em outubro deste ano) abrangem locais que já possuem uma vida urbana, mas em condições precárias, no que diz respeito à segurança ou mesmo oferta e qualidade de espaços públicos destinados ao lazer”, completa.

"Aracapé a pé"

Os arquitetos Victor Seledônio, Débora Rodrigues, Luana Costa e Shaiane Viana apresentaram o projeto “Aracapé a pé”, que busca melhorar o mobiliário urbano (paradas de ônibus, postes de iluminação, bancos, placas de sinalização) no entorno da Escola Municipal Jonathan Rocha Alcoforado, no bairro Mondubim. “Percebemos que em determinados horários há uma multidão de gente passando na avenida próxima à escola, sendo que a travessia é feita, muitas vezes, de forma insegura. O que sugerimos é uma reestruturação do local tanto para a segurança dessas pessoas quanto para oferecer mais uma opção de lazer a quem passa por lá”, explica Victor.

Dentre as áreas contempladas, estão Jardim Glória (Rua Jornalista Antônio Pontes Tavares - entorno da lagoa), no Barroso; Comunidade Unidos Venceremos (Rua Renata Braga com Rua Hidelaine Naiara), no Passaré; Aracapé (Rua Maria Gomes de Sá com Rua Jacunaúba), no Mondubim; Planalto Vitória (Rua Martins de Lima), no Canindezinho; Av. Desembargador Moreira (Av. Desembargador Moreira, após o cruzamento com a Av. Dom Luís até a Av. Beira Mar), no Meireles; Rua dos Tabajaras (Rua dos Tabajaras, após o cruzamento com a R. dos Arariús até a Av. Alm. Tamandaré), na Praia de Iracema. 

Veja os projetos selecionados: 

“Vila Tabajaras”

Área do Projeto: Rua dos Tabajaras

Responsável: Daniel da Silva Leal Medeiros

“Passeio 7 Artes”

Área do Projeto: Av. Desembargador Moreira

Responsável: Lucas Vieira Novais

“Aracapé - Vamos Andar a Pé“

Área do Projeto: Aracapé (Mondubim)

Responsável: Shaiane Gomes Viana

“Brinca, Jardim Glória!”

Área do Projeto: Jardim Glória (Barroso)

Responsável: Daniel Benevides Parente

“Projeto Casa”

Área do Projeto: Comunidade Unidos Venceremos (Passaré)

Responsável: Camila Bandeira Cavalcante

“Projeto Andorinhas“

Área do Projeto: Planalto Vitória (Canindezinho)

Responsável: Ana Virginia Torres Furlani