PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Réveillon de Fortaleza terá palco regional, linhas de ônibus extra e suporte de trânsito, segurança e saúde

Palco regional, sete linhas de ônibus especiais e 12 linhas com horário prolongado foram alguns dos anúncios sobre o esquema divulgado pela Prefeitura

10:53 | 27/12/2019
FORTALEZA-CE, BRASIL, 26-12-2019: Montagem do palco para o Reveillon de Fortaleza no Aterro da Praia de Iracema. (Foto: Júlio Caesar/ O Povo)
FORTALEZA-CE, BRASIL, 26-12-2019: Montagem do palco para o Reveillon de Fortaleza no Aterro da Praia de Iracema. (Foto: Júlio Caesar/ O Povo) (Foto: JÚLIO CAESAR)

Com novo palco voltado para atrações regionais, sete linhas de ônibus especiais e 12 linhas com horário prolongado até 4h, a Prefeitura de Fortaleza divulgou na manhã desta sexta-feira, 27, o esquema operacional do Réveillon 2020 da Capital, que acontece entre os dias 31 de dezembro e 1° de janeiro no Aterro da Praia de Iracema. É esperado cerca de um milhão de pessoas.

A festa terá engajamento em relação às áreas de segurança, saúde, limpeza e mobilidade, tanto para fortalezenses como para turistas, garante a Prefeitura. As atrações reúnem artistas locais e nacionais.

A festa conta com investimentos do Governo do Estado e da iniciativa privada. A queima de fogos deste ano será de 12 minutos.

Atrações

Principais atrações que subirão ao palco (por ordem de apresentação) são: Marcus Café, Chambinho do Arcodeon, Jonnas Alves, Ludmila Amaral, Waldonys, Paulo José, Roberta Fiúza, Marcos Lessa, Jorge Ben Jor, Fagner, Alok, Falcão, Matheus e Kauan, Nando Reis, Simone e Simaria, Mastruz com Leite, Calcinha Preta e Limão com Mel.

Uma novidade do Réveillon 2020 é o Palco Fortaleza, que aposta nas sonoridades que marcaram o ano de 2019. Ele ficará no Aterrinho da Praia de Iracema.

Nesse palco, as atrações trazem repertório autoral que vai do reggae ao rap. São elas: Coletivo de DJ's Rebel Women, DJ Priscilla Delgado, grupo Na Quebrada do Coco, banda Ghetto Roots, Luiza Nobel e Getúlio Abelha. Apresentação é da Mulher Barbada.

Operação Transporte Coletivo

Para quem pretende ir ao Aterro utilizando transporte coletivo (ônibus, vans e táxis), a Tarifa Social será implementada nos dias 31 de dezembro (terça-feira) e 1° de janeiro (quarta-feira). A inteira custará R$ 3,00 e a meia de R$ 1,30.

Serão criadas sete linhas especiais para fazer a ligação expressa entre os sete terminais de integração e o Aterro da Praia de Iracema.

Linhas Especiais:

930 - Antônio Bezerra/Aterro Praia de Iracema

931 - Parangaba/Aterro Praia de Iracema

933- Lagoa/Aterro Praia de Iracema

935 - Messejana/Aterro Praia de Iracema

936 - Conjunto Ceará/Aterro Praia de Iracema

937 - Papicu/Aterro Praia de Iracema

938 - Siqueira/Aterro Praia de Iracema

Além da frota extra, 12 linhas de ônibus terão seu horário prolongado até 4 horas do dia 1° de janeiro. São elas:

042 - Antônio Bezerra/Francisco Sá/Papicu

051 - Grande Circular I

052 - Grande Circular II

071 - Antônio Bezerra/Mucuripe

072 - Antônio Bezerra/Parangaba

073 - Siqueira Praia de Iracema

076 - Conjunto Ceará/Aldeota

077 - Parangaba/Mucuripe

079- Antônio Bezerra/Náutico

092 - Antônio Bezerra/Papicu/Praia de Iracema

099 - Siqueira/ Mucuripe/ Barão de Studart

906 - Caça e Pesca/ Servilluz/Centro

Estrutura

Além da frota operante de 1. 357 veículos, que irão rodar no dia 31 de dezembro, mais 108 ônibus extras estarão distribuídos nos sete terminais a partir das 17 horas do dia 31 até o final do evento.

Um efetivo composto por 192 agentes de trânsito da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) será mobilizado para articular a segurança dos pedestres e circulação dos veículos. As equipes estarão distribuídas em viaturas e motocicletas, além de postos fixos nos principais pontos de bloqueio.

Em relação à saúde, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) vai disponibilizar dois Postos Médicos Avançados (PMA). As unidades terão áreas de 150m² e estarão localizadas próximo ao Boteco Praia e à farmácia Pague Menos.

A equipe contará com um coordenador operacional, três médicos, seis enfermeiros, seis técnicos de enfermagem, quatro socorristas e um auxiliar de serviços gerais.

As equipes do SAMU terão duas Unidades de Suporte Avançado, composta cada uma por um médico, um enfermeiro e um condutor de veículo de emergência.

Também haverá uma Unidade Incidente de Múltiplas Vítimas (IMV).

Quatro unidades de saúde estarão de plantão para dar apoio ao evento: Insituto Dr. José Frota, Unidades de Pronto Atendimento (Upas) Pirambu e Praia do Futuro, além do Frotinha de Messejana.

Em relação à segurança do evento, a Polícia Militar contará com um efetivo de 743 agentes, 22 viaturas, uma plataforma de segurança elevada (POE), três bases móveis, 45 motos e 30 cavalos.

Já a Polícia Civil contará com 55 policiais e oito viaturas circulando no evento. Algumas delegacias também estarão de plantão. É o caso do 2° DP, 34° DP e do 7° DP.

Delegacias especializadas como a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) também funcionarão, assim como o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) contará com um efetivo de 513 agentes, 41 viaturas, um bote de salvamento, cinco transportes de tropa, duas vans e dez motocicletas. O funcionamento desses serviços segue até as 19 horas do dia 1° de janeiro.

Pelos menos 477 colaboradores da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) irão atuar na limpeza. São varredores, garis, operadores e motoristas.

Também haverá contêineres em pontos estratégicos distribuídos pelo calçadão do Aterro da Praia de Iracema, Beira Mar e proximidades das avenidas Historiador Raimundo Girão, Abolição e Monsenhor Tabosa.

Já no quesito de fiscalização sanitária, a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) trará 26 fiscais e 110 auxiliares para atuar no controle urbano e vigilância sanitária.

A iluminação em algumas paradas de ônibus próximas ao evento será reforçada com implemento de 28 refletores de 400W com luz branca.

Cerca de três conselheiros tutelares e 18 profissionais da área estarão no Aterro para uma abordagem especializada de crianças e adolescentes. Também será distribuído um material informativo da campanha "Não dê Esmola. Lugar de Criança é na Escola". Os profissionais são da Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci).