PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

A um mês do Natal, cearenses devem ser contratados para duas mil vagas temporárias até o fim de janeiro

A maior parte das vagas deve ser destinada ao setor de eventos e turismo; candidatos devem se preocupar com a elaboração de currículo direcionado, aponta especialista

13:28 | 25/11/2019
Foram geradas 8.870 vagas de empregos formais no Ceará em 2019.
Foram geradas 8.870 vagas de empregos formais no Ceará em 2019. (Foto: DIVULGAÇÃO)

A um mês do Natal, os cearenses ainda devem preencher pelo menos duas mil vagas de emprego temporário, de acordo com o Sistema Nacional de Emprego Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (Sine/IDT). Ainda que existam vagas para o comércio, a maior parte das oportunidades nesta reta final, que vai até o fim de janeiro, é voltada para os setor de eventos e turismo, especialmente para os empregos de garçom e segurança.

O número de oportunidades no Estado deve seguir a mesma tendência em relação ao ano passado, com cerca de cinco mil vagas ocupadas ao todo. Já nacionalmente, esse número é de 103 mil empregos temporários, maior marca em cinco anos. Em comparação a 2018, o número de oportunidades cresceu 43,8 mil, de acordo com pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Em entrevista ao O POVO, o gerente da unidade do Centro do Sine, Jidlafe Rodrigues, ressaltou que as oportunidades temporárias devem ser encaradas como uma chance de ser efetivado após o período de fim de ano. Cerca de 20% dos trabalhadores continuam na empresa após esse período, de acordo com levantamento do órgão.

“É uma oportunidade interessante porque é comum contratar candidatos sem experiência, seja o jovem ou uma pessoa madura, com mais de 40 anos. Apesar de não resolver a questão do desemprego, essa é uma luz que surge no fim do túnel para pessoas que não estão inseridas no mercado de trabalho”, projeta.

Leia mais: Beach Park abre cerca de 300 vagas de emprego temporário

Rodrigues ainda pontua a necessidade de fazer um currículo direcionado para a vaga almejada. Se o candidato está concorrendo a uma vaga de recepcionista, não faz sentido colocar experiências na área de segurança, por exemplo. “É preciso ter foco e demonstrar alguma afinidade com a vaga, colocando cursos relacionados e experiências anteriores, se possível”, ressalta.

O candidato interessado deve ir a uma das Unidades do Sine/IDT, munido com o currículo, CTPS, RG, CPF e comprovante de endereço, com CEP. As vagas abertas para o comércio são principalmente para a Capital. Os profissionais com o perfil já estão sendo encaminhados para as seleções.

Serviço

Endereços em Fortaleza

Centro – Rua Assunção, 699 – Fone: (85) 2180-6214

Centro de Formação e Inserção Social Pelo Trabalho (Cefit) – Rua Valdetário Mota, 970 – Papicu – Fone: (85) 2180-6213

Antônio Bezerra – Av. Demétrio de Menezes, 3750 – Fone: (85) 2180-6216.

Messejana – Av. Jornalista Tomaz Coelho, 408 – Fone: (85) 2180-6217

Casa do Cidadão Shopping Benfica – Av. Carapinima, 2200 – Fone: (85) 2180-6215