PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

População ouve disparos durante abordagem policial na Praia de Iracema; PM nega uso de balas de borracha

Três viaturas faziam ronda próximo ao local do tumulto. Policiais revistavam quem estava presente na praia por volta das 20h deste domingo

21:05 | 27/10/2019
PM nega uso de balas de borracha, mas população relata ter ouvido os disparos
PM nega uso de balas de borracha, mas população relata ter ouvido os disparos (Foto: Aurélio Alves/O POVO)

Um tumulto assustou algumas pessoas que estavam na Praia de Iracema na noite deste domingo, 27. De acordo com uma comerciante ambulante e relatos em redes sociais, policiais militares usaram balas de borracha para conter uma briga que teria acontecido no local, que fica próximo ao Centro Cultural Belchior. Os barulhos de disparos provocaram a saída de banhistas e pedestres da praia. No entanto, a PM nega o uso do equipamento.

De acordo com o tenente Andrade da Polícia Militar, os agentes de segurança trabalharam na contenção de um princípio de briga, mas não utilizaram balas de borracha. Ele também relatou uma tentativa de assalto. O POVO Online registrou a ação dos PMs após o tumulto, quando revistavam algumas pessoas que passavam pelo lugar. Pelo menos três viaturas estavam estacionadas próximas à praia.

Um homem que estava na praia com amigos contou que viu uma pessoa jogar uma garrafa de vidro contra a equipe de policiais. Eles responderam com uma bala de borracha, segundo o banhista. Depois, quando já tinha se afastado do local, ouviu mais disparos. 

Outro ambulante relatou que ações como esta da Polícia são comuns na região e afasta turistas. "O pessoal vai tudo embora e a gente fica com material parado", reclama o vendedor. 

*Com informações do repórter Ítalo Cosme