PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Tragédia do Edifício Andréa: "Aqueles pilares não estavam sustentando mais nada", diz especialista

Para o engenheiro Flávio Patrício, ação de pedreiros em pilares momentos antes do desabamento não foi determinante para a tragédia

19:49 | 18/10/2019
Pedreiro quebram colunas do edifício minutos antes do desabamento
Pedreiro quebram colunas do edifício minutos antes do desabamento (Foto: REPRODUÇÃO)

Um vídeo que mostra pedreiros quebrando uma das colunas do Edifício Andréa minutos antes do desabamento do prédio, na última terça-feira, 15, gerou questionamentos se aquele trabalho teria sido a causa do colapso do edifício de sete andares. Para o engenheiro Flávio Patrício, porém, essa ação específica não teria sido determinante para o desmoronamento.

Veja o vídeo

"O que eu suponho, baseado nas informações e imagens mostradas pela imprensa, é que aquilo (o desabamento) foi ocasionado por uma sequência de ações já feitas naqueles pilares. Eles já estavam apresentando uma patologia séria e começaram a ser gastados", explicou o profissional em entrevista à rádio O POVO CBN nesta sexta-feira, 18.

"Apenas aquilo não estaria garantindo a estabilidade da estrutura. Você vê que, quando ele (um dos homens do vídeo) toca na peça, o concreto larga facilmente. Na verdade, ele já estava quase solto e sem nenhuma aderência naquele pilar. O fato de o concreto cair prova que aqueles pilares não estavam sustentando mais nada", analisou.

Contudo, Flávio afirma que, se os responsáveis pela reforma tivessem tido uma "ação mais ativa ou segura", poderiam ter feito o alerta aos moradores do local e evacuado o prédio.