PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

Bar das Almas faz sucesso há mais de três décadas no Antônio Bezerra

O estabelecimento fica em frente ao Cemitério Santo Antônio, no bairro Antônio Bezerra, Zona Oeste de Fortaleza

18:22 | 19/09/2019
João Moreira, conhecido como Tio Grandão, e Fátima Soares são proprietários do Bar das Almas
João Moreira, conhecido como Tio Grandão, e Fátima Soares são proprietários do Bar das Almas(Foto: Julio Caesar/Julio Caesar)

Você já bebeu em algum bar com o nome inusitado? Teria coragem de beber em um bar que fica em frente a um cemitério? No Antônio Bezerra, um bar faz sucesso há quase 32 anos com o nome Bar das Almas.

O motivo do nome é óbvio. Ele está localizado em frente ao Cemitério Santo Antônio, no bairro Antônio Bezerra, situado na Zona Oeste de Fortaleza.

De acordo com o historiador do O POVO Dados, Fred Souza, moradores do bairro Barro Vermelho, hoje Antônio Bezerra, se uniram para construção do próprio cemitério em 1935. Dois anos depois, com o alargamento das ruas do bairro, a estrutura do cemitério passou por modificações, mantidas até os dias atuais.

No cemitério do Antônio Bezerra estão sepultados entes das principais famílias do bairro, como Bezerra de Menezes, Couto Bezerra e Teixeira Campos.

Bar das Almas é reconhecido por funcionar em frente ao Cemitério do Antônio Bezerra
Bar das Almas é reconhecido por funcionar em frente ao Cemitério do Antônio Bezerra (Foto: JÚLIO CAESAR)

Mas, quem teve a ideia de construir um bar em frente a um cemitério? João Moreira, conhecido como Tio Grandão, e Fátima Soares foram os idealizadores. No entanto, o nome do estabelecimento não partiu deles. Segundo o casal de proprietários, foram amigos e taxistas, que frequentavam o local para se confraternizarem, que lançaram o nome.

"A ideia inicial era uma confecção, mas aí me falaram que um bar seria mais fácil. Há 30 anos, tinha muito enterro e o movimento era grande. Até hoje, quem vem aqui no Antônio Bezerra quer saber o por quê Bar das Almas, aí eu explico, porque você está de frente para o futuro", brinca Tio Grandão. "Eu já pelejei muito para trocar o nome do bar, mas não vinga", completa Fátima.

Por estar em frente ao cemitério será que há alguma história sombria? A proprietária Fátima Soares, que mora na parte de cima do bar, diz que já viu uma alma.

"Na realidade existe, ninguém vê perfeitamente a pessoa, mas vê um vulto. Eu já vi, e não é mentira minha. Eu vi o avô do meu filho. Quando eu estava dando leite a ele, eu senti uma coisa estranha. Eu deitei e nem me movia, olhando aquele vulto", conta ela.

O Bar das Almas está no local desde 1º de novembro de 1987, quando foi fundado no dia de todos os Santos. O repórter Walber Freitas e o historiador do O POVO Dados Fred Souza foram conhecer o local que é sucesso há mais de três décadas. Caso tenha uma história inusitada, mande informações no WhatsApp 98201-9291. Ela poderá aparecer por aqui.

Conheça a história do Bar das Almas