Participamos do

Vereador apresenta projeto que garante proteção e cuidados aos animais comunitários

A intenção é dar atendimento veterinário a cães e gatos comunitários, bem como castrá-los. Esses animais também serão cadastrados na prefeitura e monitorados
22:59 | Jul. 23, 2019
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Tramita, na Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa (CCJLP), o projeto de indicação "Programa Animal Comunitário". A proposta foi apresentada pelo vereador Esio Feitosa (PDT) e tem como objetivo focar no cuidado de animais em situação de rua, mas que possuem um certo laço de dependência na comunidade em que vive.

A intenção é dar atendimento veterinário a cães e gatos comunitários, bem como castrá-los. Esses animais também serão cadastrados na prefeitura e monitorados. Após o fim do protocolo e procedimentos, eles devem retornar a sua comunidade de origem mediante assinatura de um termo de compromisso do morador responsável.

São classificados como animais comunitários, cães e gatos que habitam espaços públicos, mas recebem cuidados da população. O projeto também proíbe vitimar e/ou eutanasiar os bichos, exceto em casos onde existem laudo expedido no centro de controle de zoonoses ou veterinários cadastrados no programa.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Por ser um projeto de indicação, ele ainda aguarda o parecer do relator, o vereador Renan Colares (PDT). Se aprovado, virará um projeto de sugestão e cabe ao prefeito Roberto Cláudio acatar ou não.

O programa já foi aderido por várias cidades do país, como São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags