PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Suspeito de assassinar idosa em Fortaleza é preso após investigação da Polícia Civil

Homem apontado como autor do crime tem 21 anos e mantinha relação amorosa com a vítima, de 72 anos, encontrada morta na última segunda-feira, 15, com sinais de asfixia

20:44 | 17/07/2019

A Polícia Civil do Ceará prendeu nessa terça-feira, 16, Francisco Bruno Silva Sousa, suspeito de assassinar Maria Rita da Silva no dia anterior, segunda, 15. O caso aconteceu em uma residência no bairro Itaóca, onde o corpo da vítima foi encontrado sem roupa em uma cama e com sinais de asfixia. O homem, que confessou a autoria, ainda teria roubado aparelho de televisão após o crime.

Do momento do crime até a captura de Francisco Bruno, os policiais que participaram da investigação, conduzida pelo 5º Distrito Policial (DP), demoraram menos de 24 horas. Durante as diligências para chegar ao suspeito, agentes encontraram a TV escondida dentro do quarto onde o infrator foi preso, no bairro Itaperi.

Reticente em confessar o crime no início, o suspeito revelou detalhes do crime à Polícia. Bruno, que não tinha antecedentes criminais, tem 21 anos. Ele mantinha relação amorosa com a vítima, de 72 anos. No dia do crime, os dois tiveram uma discussão, segundo informou o suspeito em interrogatório. Após a desavença, ele teria saído do imóvel de Maria Rita, retornando depois para assassiná-la.

O depoimento de Francisco Bruno está de acordo com as informações levantadas pelas equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Perícia Forense do Ceará (Pefoce). Suspeito confessou ter utilizado um travesseiro para matar a mulher.

Levado ao 5º DP, o suspeito foi autuado em flagrante por homicídio qualificado por motivo torpe, pela impossibilidade de defesa da vítima, e por feminicídio – que é o homicídio de mulher em razão do sexo feminino. Polícia Civil informa que, com o término do procedimento policial, “vai representar pela prisão preventiva do suspeito ao Poder Judiciário”. No decorrer das apurações, Bruno também deve responder pelo crime de roubo.

O Povo