PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Visita do papa João Paulo II a Fortaleza completa 39 anos

A chegada de João Paulo II completa 39 anos nesta terça-feira, 9. Com um percurso de carro aberto a 30 km/h, ele seguiu da Base Área de Fortaleza até o Castelão

22:59 | 09/07/2019
Virgílio Távora com o papa João Paulo II em Fortaleza.
Virgílio Távora com o papa João Paulo II em Fortaleza.(Foto: Fernando Sá, em 18/08/1993)

Foi com o tradicional beijo no chão que João Paulo II marcou sua passagem por Fortaleza. No dia 9 de julho de 1980 um papa pisava pela primeira vez em solo alencarino, onde permaneceu por 30 horas. Hoje, fazem 39 anos da visita. Com um percurso de carro aberto a 30 km/h, ele percorreu 10 km da Base Área de Fortaleza até o Estádio Governador Plácido Castelo, o Castelão, sendo saudado por gritos e bandeirinhas enquanto seguia pela BR-116.

Logo após sua chegada, o pontífice foi homenageado em um show de quarenta minutos dentro do Castelão, onde recebeu presentes - como uma jangada em tamanho real - e duas mil crianças soltaram arraias. Ele também apreciou apresentações folclóricas e de ginástica.

Na foto: João Paulo II no Papa móvel em Fortaleza
Na foto: João Paulo II no Papa móvel em Fortaleza (Foto: Divulgação)

A euforia à época foi tanta que grandes hotéis ficaram com as reservas esgotadas para o período do X Congresso Eucarístico Nacional. Escolas tiveram que hospedar congressistas e ceder instalações aos organizadores do evento, além da própria população, que também foi convocada para dar abrigo em suas residências.

Hospedado na casa do cardeal Aloísio Lorscheider, João Paulo II também percorreu mais 16 km entre o Castelão e a Arquidiocese de Fortaleza. Ao todo foram 26 km, passando pela avenida José Bastos, Dom Manuel e Duque de Caxias, indo até o Seminário da Prainha. Pela tarde ele abriu o congresso eucarístico.

A visita deixou memórias e até hoje traz marcas para os cearenses, como para João Paulo, fisioterapeuta de 39 anos, que recebeu o nome em homenagem a ele. Com a mesma idade que a da visita do Santo Padre, teve o nome escolhido pela mãe ao saber que o pontífice viria para a Cidade.

“A minha mãe sempre gostou muito do papa João Paulo, era uma devota. Para os católicos sempre foi uma figura meio incontestável, forte orientadora. E quando foi anunciado que ele viria pra cá, minha mãe resolveu fazer uma homenagem a ele", declara João ao O POVO Online.

O fisioterapeuta revela que até hoje é ativo dentro da religião, e que entende o valor da figura que o batizou. “A gente sabe que é uma homenagem devido a figura dele, e uma homenagem válida por tudo que ele representou para a comunidade católica”, destaca.

Fortaleza foi a penúltima cidade onde o Papa João Paulo II passou em solo brasileiro, seguindo para Manaus, onde encerrou a primeira visita oficial de um papa ao Brasil. Além da Capital cearense, ele tpassou por Aparecida (SP), Belo Horizonte (MG), Belém (PA), Curitiba (PR), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Salvador (BA) e Teresina (PI).

lucas de Paula