PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Câmara Municipal aprova, por unanimidade, ampliação de postos do Praia Acessível

O projeto do vereador Sargento Reginauro pretende ampliar para cinco os postos do Praia Acessível e, assim, proporcionar uma melhor distribuição pelo litoral fortalezense

22:09 | 25/06/2019
Fortaleza, CE, Brasil, 19-07-2018: Idosos do Lar Torres de Melo tomam banho na Praia de Iracema com a ajuda do projeto Praia Acessível. (Foto: Mateus Dantas / O Povo)
Fortaleza, CE, Brasil, 19-07-2018: Idosos do Lar Torres de Melo tomam banho na Praia de Iracema com a ajuda do projeto Praia Acessível. (Foto: Mateus Dantas / O Povo)(Foto: Mateus Dantas/Mateus Dantas)

Emenda que amplia o número de postos do projeto Praia Acessível foi aprovada por unanimidade, com 24 votos, na Câmara Municipal, nesta terça, 25. A proposta do vereador Sargento Reginauro (sem partido) é anexada ao Código da Cidade, que está em pauta na Casa há quase três anos.

SAIBA MAISCÓDIGO DA CIDADE: Você sabe como sua vida poderá ser impactada?

Atualmente, a iniciativa é oferecida em apenas um ponto da Capital, na Praia de Iracema. O projeto pretende ampliar para cinco os postos do Praia Acessível e, assim, proporcionar uma melhor distribuição pelo litoral fortalezense. “É um projeto muito bom da Prefeitura, mas que precisava gerar uma maior acessibilidade, de fato, e inclusão para esse público que representa, hoje, 23% da população”, diz o vereador.

LEIA MAISProjeto que proporciona entrada no mar de idosos e deficientes físicos cresce 67% em 2018

Não existe, no entanto, definição quanto aos locais de implantação. O critério a ser utilizado, de acordo com Reginauro, deve ser analisado a partir das condições de inserção na faixa de maré. Sendo assim, ele adianta que as praias do Caça e Pesca e da região da Barra do Ceará são possíveis candidatas a receberem o projeto.

LEIA MAISEm Fortaleza, criança com deficiência encontra o mar pela primeira vez

O Praia Acessível é iniciativa da Prefeitura de Fortaleza junto à Secretaria de Turismo da Capital e ao Governo do Ceará. Com o programa, idosos e pessoas com deficiências de todas as idades podem ter acesso à praia, facilitado pelos equipamentos instalados e pelos profissionais direcionados à tarefa.

O projeto tem pouco mais de três anos e, em apenas dois, atendeu mais de 3.250 pessoas.

Listen to "#99 - Você sabe para que serve o Código da Cidade?" on Spreaker.

Com informações da repórter Luana Barros

Ingrid Campos