PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Agefis constata que vazamento de esgoto na Aldeota é de responsabilidade da Cagece

A assessoria da Cagece indicou que uma equipe foi enviada ao local na tarde desta quarta-feira, 8, mas não identificou nenhum extravasamento

00:00 | 09/05/2019
No momento da fiscalização, a Agefis constatou que não havia lançamento irregular de água servida/esgoto na via por residências ou estabelecimentos
No momento da fiscalização, a Agefis constatou que não havia lançamento irregular de água servida/esgoto na via por residências ou estabelecimentos(Foto: Agefis)

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) enviou uma equipe para as ruas Desembargador Leite Albuquerque e Osvaldo Cruz, na Aldeota, e constatou que a água que se acumula no local, conforme denunciado por moradores, se trata de transbordamento da rede de esgoto. No momento da fiscalização, a Agefis constatou que não havia lançamento irregular de água servida/esgoto na via por residências ou estabelecimentos.

Segundo a Agefis, ao contrário do que Companhia de Água e Esgoto do Estado do Ceará (Cagece) tinha indicado na matéria publicada no O POVO Online nesta terça-feira, 7, a  companhia tem, sim, responsabilidade sobre o caso. A agência explicou que a Cagece será notificada.

Procurada pela reportagem na última terça-feira, 7, a Cagece indicou que o problema de extravasamento havia sido solucionado na tarde da última segunda-feira, 6, e que a água encontrada no local pela reportagem do O POVO se tratava de "água servida", que é aquela proveniente da totalidade do esgoto doméstico ou comercial. A assessoria da Cagece indicou que o líquido não era de responsabilidade da companhia e que era provável fruto de descarte irregular.

Novamente consultada, a assessoria da Cagece indicou que uma equipe foi enviada ao local na tarde desta quarta-feira, 8, mas não identificou extravasamento. A assessoria indicou que não pode se pronunciar sobre uma ocorrência que não está em andamento.

Izadora Paula