PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Buracos dificultam trânsito em rodovias de acesso a Fortaleza

Situação se agrava em época de chuvas, com o acúmulo de água e lama nos buracos

13:53 | 23/04/2019
Buracos na BR-222, dificulta o tráfego
Buracos na BR-222, dificulta o tráfego(Foto: Mauri Melo/Mauri Melo)

Buracos no asfalto e lama acumulada prejudicam o fluxo de veículos em algumas das principais entradas e saídas de Fortaleza. Há engarrafamentos e confusão entre os motoristas, já que a sinalização também é precária. Histórias sobre acidentes envolvendo veículos nesses trechos são comuns nos relatos de pessoas que passam pelas áreas diariamente.

Quem precisa entrar na Capital ou transitar entre cidades da Região Metropolitana encontra dificuldades em estradas como a BR-222, a BR-020 e a CE-065. O POVO Online visitou os locais na manhã desta terça-feira, 23, para observar a situação das rodovias e o fluxo de veículos.

Há mais de três meses, o viaduto da BR-020, conhecido também como viaduto do Metrópoles, está com o trânsito de veículos bloqueado. A estrutura foi alvo de ataque provocado por membros de facções criminosas durante a onda de violência que aconteceu no Ceará no início de janeiro, ficando com uma das pilastras comprometidas. Desde então, os desvios ocorrem pelas alças do viaduto, passando pelo quilômetro 12 da BR-222. Em um dos retornos, próximo ao shopping TendModa, em Caucaia, motoristas passam com velocidade reduzida entre os buracos.

Encontro da avenida Osório de Paiva com BR-065.
Encontro da avenida Osório de Paiva com BR-065. (Foto: Mauri Melo)

Subindo o viaduto, existem ainda mais buracos no trecho que dá acesso a Maracanaú. Percebendo a reportagem no local, alguns condutores passavam deixando claro o descontentamento com a via. Em vídeo feito no desvio, é possível ver como a precariedade do asfalto se torna um obstáculo no trânsito. Confira:

Outro local prejudicado pela falta de placas de trânsito, sinalização de entradas e manutenção do asfalto, o encontro entre a avenida Osório de Paiva e a CE-065 também é ponto de engarrafamento. Buracos que cobrem mais de uma faixa da via acumulam água das chuvas, causando ainda maior transtorno para quem sai de Fortaleza e tenta acessar Maracanaú.

“Tá cada dia pior”, definiu Misael de Souza, vendedor ambulante da CE-065. Ele afirmou que é comum a ocorrência de acidentes, bem como carros quebrando após passar em buracos fundos. Em períodos de chuva, Misael afirmou que o cenário é agravado.

No local, ainda é comum a passagem de pedestres e de ciclistas que se arriscam entre os caminhões, pois o lugar não tem espaço para a passagem adequada.

O POVO Online entrou em contato com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que afirmou não ser de sua responsabilidade a sinalização das rodovias federais (BR-020 e BR-222), mas do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Segundo a assessoria de comunicação, à PRF fica restrito o trabalho de fiscalização e orientação aos motoristas sobre as condições das rodovias. Nenhum acidente foi registrado neste trecho, conforme o órgão.

O Dnit não atendeu as ligações da reportagem até a publicação desta matéria.

Colaborou Lucas Albano/Especial para O POVO

Alexia Vieira/ESPECIAL PARA O POVO