PUBLICIDADE
Notícias
QUADRA CHUVOSA

Moradores do Lagamar e Aerolândia reclamam de mosquitos e ruas alagadas em período de chuvas

Tempo nublado com possibilidade de chuvas deve continuar nos próximos dias, segundo Funceme

13:20 | 07/02/2019
Ruas Capitão Olavo e Coronel Lima da Silva são pontos de alagamento da Aerolândia (Foto: Alexia Vieira/Especial para O POVO)
Ruas Capitão Olavo e Coronel Lima da Silva são pontos de alagamento da Aerolândia (Foto: Alexia Vieira/Especial para O POVO)

Fortaleza amanheceu com chuvas nesta quinta-feira, 7. Mesmo com pouco volume, já foi suficiente para que ruas do Lagamar e da Aerolândia virassem pontos de alagamento na cidade. Nas últimas 24h, a Capital registrou 38 mm de precipitação, de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Outros 147 municípios também tiveram chuvas.

Na esquina das ruas Capitão Olavo e General Lima da Silva, na Aerolândia, próximo a avenida Raul Barbosa, a água da chuva se acumulava nesta manhã. Motos e carros passavam em velocidade baixa e com certa dificuldade. O nível da água estava cobrindo calçadas em alguns pontos do trajeto. De acordo com comerciantes da área, o local é ponto de alagamento recorrente.

Ruas Capitão Olavo e Coronel Lima da Silva são pontos de alagamento da Aerolândia
Ruas Capitão Olavo e Coronel Lima da Silva são pontos de alagamento da Aerolândia (Foto: (Foto: Alexia Vieira/Especial para O POVO))

Próximo ao canal do Lagamar, famílias reclamaram ao O POVO Online que a quantidade de mosquitos tem aumentado com a chegada do período chuvoso. A Travessa Oriente, próximo a passarela do canal, ficou parcialmente alagada com a chuva desta quinta-feira. Moradores que não quiseram se identificar afirmaram que basta uma “chuva fraca” para o acesso a suas casas ficar comprometido. “Imagina quando o inverno chegar de verdade!”, teme um morador, se referindo aos meses mais chuvosos do ano.

Rua alagada(Foto: Alexia Vieira/Especial para O POVO)
Rua alagada(Foto: Alexia Vieira/Especial para O POVO) (Foto: (Foto: Alexia Vieira/Especial para O POVO))

No Centro da Capital, um bueiro estourou na rua Coronel Solon, próximo a avenida Aguanambi, mas não comprometeu o trânsito da via. A região não apresentou grandes pontos de alagamento. Também em decorrência da chuva, um galho de árvore caiu em cima da parte frontal de um carro que estava estacionado na rua Monsenhor Catão, no bairro Dionísio Torres, próximo ao Colégio Ari de Sá. 

Boeiro transbordando água da chuva, Bairro de Fátima. (Gustavo Simão/ Especial para O POVO)
Boeiro transbordando água da chuva, Bairro de Fátima. (Gustavo Simão/ Especial para O POVO) (Foto: Gustavo Simão)

Chuvas devem continuar nesta quinta-feira, segundo a Funceme. Tempo nublado com possibilidade de chuvas é a previsão para a sexta-feira, 8. No sábado, a faixa litorânea e a região de Ibiapaba devem ter precipitações.

Redação O POVO Online