PUBLICIDADE
Notícias

Amigos fazem campanha para transferir corpo de estudante para Guiné Bissau

19:43 | 04/02/2014
NULL
NULL
Amigos e familiares de um estudante de Guiné Bissau que morava em Fortaleza estão realizando uma campanha para arrecadar dinheiro e transferir o corpo do jovem para o país de origem. Lester Raul Indeque, 31, morava há cinco anos na capital cearense e morreu de pneumonia na última terça-feira, 28.

Lester deixou esposa e um filho, de 11 meses. Agora, outros colegas guineenses se articulam para arrecadar dinheiro para realizar o traslado do corpo. A despesa tem custo de R$ 20 mil. O corpo de Lester está no Serviço de Verificação de óbitos (SVO).

Na noite desta terça-feira, 3, os familiares não souberam precisar quanto conseguiram arrecadar, mas as doações ultrapassaram R$ 2.500.

De acordo com o guineense Gino Pereira, mestrando na Universidade Federal do Ceará (UFC), Lester morava em um apartamento no bairro Damas, concluiu o curso de Ciências Contábeis na Faculdade Ateneu e estava se preparando para começar a especialização. O estudante chegou a ser internado no Hospital São José, mas não resistiu às complicações. 

Por meio de nota, a Embaixada da República da Guiné-Bissau no Brasil apenas lamentou o ocorrido. "Aproveita a oportunidade com muito pesar e consternação para endereçar os sentidos pêsames à família enlutada".

Serviço
Para informações sobre como doar
Associação dos Estudantes de Guiné-Bissau no Ceará: (85) 8515 4425 

Redação O POVO Online

TAGS