PUBLICIDADE
PUBLIEDITORIAL estudante


Saiba como escolher o concurso ideal para você

A vontade de passar no concurso é grande, mas atirar para todos os lados não é a melhor opção. Manter o foco e direcionar os estudos para uma área que você realmente gosta pode acelerar a sua aprovação

29/07/2019 08:17:39
Algumas disciplinas são aproveitadas em vários concursos e as metodologias utilizadas pelos cursinhos podem ser determinantes (Foto: Getty Images)
Algumas disciplinas são aproveitadas em vários concursos e as metodologias utilizadas pelos cursinhos podem ser determinantes (Foto: Getty Images)

Mesmo que o Governo Federal tenha acenado para uma pausa na realização de concursos públicos, é válido lembrar que estados e municípios ainda precisam de pessoal para fazer a administração pública continuar. E cada ente (União, Estado e Município) tem autonomia para elaborar e fazer seu próprio concurso público. Portanto, nada de desistir. Os editais continuarão a sair, sim! E começar a estudar apenas quando eles forem publicados pode ser definitivo para deixar você de fora das vagas.

 De acordo com Fabio Lobo, professor e coordenador do Curso Prime, o momento de iniciar o processo deve ser anterior à saída do edital, que costuma ser publicado apenas 60 dias antes da prova. “Muitas pessoas buscam o curso preparatório quando há um concurso na praça e é muito complicado se preparar com teoria de assuntos desconhecidos, não dá tempo de buscar o aprofundamento da própria banca na resolução de questões. Por isso, o ideal é iniciar a preparação antes da saída do edital”, aconselha.

O processo inicia-se com a decisão: eu quero realmente fazer um concurso público? “Ao tomar esse caminho, o candidato vai ter que se dedicar, mostrar determinação e esforço. Para ter mais sucesso nos certames, o ideal é que o candidato escolha uma área de interesse, seja fiscal, tribunal, bancária, policial ou administrativa”, explica Fábio Lobo.

Mas como escolher uma área ou cargo para focar nele? Pensar apenas na estabilidade e remuneração pode encher a conta bancária, mas não necessariamente vai trazer realização pessoal. Antes de começar a apostar em uma área específica, muitas variáveis devem ser levadas em consideração.

Entre as perguntas que você deve se fazer estão: estou disposto a mudar de cidade? Eu me vejo fazendo isso daqui a muitos anos? A remuneração vale a pena? Me identifico com as atribuições do cargo? Quais são meus objetivos? Conseguirei alcançá-los escolhendo esta carreira? Conversar com quem já está no serviço público é uma boa saída para ter noção se aquela carreira é realmente o que você imagina.

A ex-dentista Maria Augusta Brito deixou a carreira consolidada na odontologia em busca do sonho da estabilidade. A área escolhida por ela foi segurança pública. Primeiro, aprovação no Departamento Penitenciário Nacional, onde adorava os colegas, mas não gostava muito do trabalho. Continuou estudando cerca de cinco horas por dia e foi aprovada para Agente de Policia Federal.

“Hoje sou muito feliz com o que faço, trabalho na área de inteligência policial. São sete horas corridas e tenho uma hora para atividade física institucional. Sei o que é ter 30 dias de férias remuneradas, 13º salário, a tranquilidade de poder adoecer e o direito a seis meses de licença maternidade”, comemora.

Metodologia eficaz

Uma vez definida a área, algumas disciplinas são aproveitadas em vários concursos e as metodologias utilizadas pelos cursinhos podem ser determinantes para você aproveitar melhor essas interseções. Conhecido pelos altos índices de aprovação, o Curso Prime desenvolveu uma metodologia facilmente aplicada em todos os certames.

Segundo Fábio Lobo, o primeiro passo é aprofundar a base teórica antes do edital ser lançado. Depois, com data da prova divulgada, é hora de se aprofundar na resolução de questões. A partir daí, o aprofundamento e, por último, a revisão até alcançar a aprovação.

“É uma escada e cada degrau ajuda a massificar o conhecimento, a busca do conhecimento constante para chegar no dia da prova e conseguir o objetivo. Devemos estar cada vez mais e melhor preparados. As provas buscam conhecimento amplo do candidato, com muitas informações e disciplina para ele estudar”, encoraja o professor Fabio Lobo.

E para os que temem a alta concorrência, o professor Fábio traz um alento. “Temos estatísticas que mostram que cerca de 80% das pessoas que se inscrevem num certame não estão preparadas para o concurso público. Então, a verdadeira concorrência é entre você e a prova”.

Fique ligado!

Entre os concurseiros cearenses, a expectativa é pelos editais das seleções para Ministério Público do Estado do Ceará e Câmara de Vereadores de Fortaleza. O edital do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE) já foi lançado e agora hora da reta final dos estudos.

Na área policial, o governo já anunciou novos concursos para polícias militar e civil. Para os que desejam a área fiscal, a Secretaria de Finanças (Sefin) já anunciou certames para os cargos de auditor e analista até 2020. Já a Secretaria da Fazenda (Sefaz) não faz concurso desde 2007. Logo, não deve demorar muito para sair mais esse edital.