Conhecimento em informática é requisito básico no mercado de trabalho
PUBLICIDADE
Notícias


Conhecimento em informática é requisito básico no mercado de trabalho

Em atividades do cotidiano e em funções especializadas, a informática faz a diferença

16:30 | 10/12/2018
NULL
NULL

[FOTO1]
O cenário de mudanças causadas pelas tecnologias no ambiente de trabalho tende a se intensificar. É o que aponta o estudo "A Revolução das Competências", da agência de negócios ManpowerGroup, publicado em 2017, mais recente do instituto sobre o tema. A pesquisa estima que em torno de 45% das atividades feitas por humanos serão automatizadas até o fim de 2019. Em contrapartida, 64% das empresas afirmam no levantamento que o número de empregados não diminuirá e 19%, que pretendem aumentar sua equipe.

Nesse contexto, novas competências são exigidas e a empregabilidade já não depende apenas do que o profissional sabe, mas também do que ele aprenderá. "Por mais que as pessoas saibam usar os aplicativos de mensagens e de fotos, por exemplo, elas devem saber formatar um documento seguindo os padrões da empresa, gerar planilhas, criar gráficos ou fazer apresentações de conteúdos", afirma Wagner Forte, consultor de produtos educacionais do Senac/CE na área de gestão e negócios.

Samuel Lennon, 22, está entre os profissionais que procuraram ir além. Depois de se titular como técnico em Administração, o jovem buscou o Senac Centro para fazer os cursos básico e avançado em Excel. "Como a administração demanda experiência em planilhas e relatórios, foi uma oportunidade de aprimorar minhas habilidades, além de conhecer ótimos professores e colegas", conta. Após terminar os cursos, Lennon se cadastrou no Banco de Oportunidades, serviço gratuito do Senac/CE que encaminha alunos para o mercado de trabalho. Em seis meses, foi contratado e hoje é auxiliar de técnico em informática.

Para o administrador, os conhecimentos adquiridos na instituição e o fato de ter certificados reconhecendo suas competências fizeram com que ele se destacasse entre os candidatos para a vaga. Atualizar-se sempre Por outro lado, existe a necessidade de aprimoramento constante dos aplicativos e das ferramentas, além da demanda por serviços de suporte e manutenção. "Todas essas atividades são relacionadas ao conhecimento sobre informática, desde o mais básico até o mais específico", explica Forte.

Momento é oportuno para quem deseja especializar-se

No Brasil, mesmo movimentando cerca de US$ 40 bilhões em 2017, a área de tecnologia da informação apresenta um déficit de mais de 48 mil profissionai, segundo a Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex). Para Forte, nessa conjuntura, é importante "formar as pessoas que desenvolvam soluções tecnológicas". O consultor destaca que é preciso ter disciplina para o estudo contínuo, já que as tecnologias ficam ultrapassadas muito rapidamente, e estar atento às novidades e tendências. "Ser organizado, ter proatividade e desenvolver o raciocínio lógico são habilidades que podem fazer a diferença no mercado", acrescenta Forte.

Para 2019, o Senac/CE prevê diversas formações relacionadas à informática. Entre os cursos que serão oferecidos no primeiro quadrimestre estão Informática Básica Intensivo Windows (66 horas), Montador e Reparador de Computadores (160 horas), Programador Web (240 horas) e Gerência de Projetos com Microsoft Project (30 horas).

Serviço

Cursos Senac Informática

Onde: Senac Centro (avenida Tristão Gonçalves, 1245 – Centro)

Quando: de segunda a sábado, das 8 às 20 horas

Mais informações: (85) 3270.5400

Informações sobre os cursos

TAGS