Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Dinheiro esquecido: 2º fase liberará R$ 4 bilhões; veja como consultar

Dinheiro esquecido repassará R$ 4 bilhões na segunda fase; veja quem tem direito, como consultar e quando começa calendário de liberação do resgate do dinheiro
11:05 | Jun. 13, 2022
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A segunda rodada de devoluções do dinheiro esquecido em contas bancárias de pessoas físicas ou empresas estava prevista para o início de maio deste ano, mas ainda não começou. A plataforma de consulta do Banco Central, ‘Sistema de Valores a Receber’, continua “temporariamente suspensa para aprimoramento” nesta sexta-feira, 3 de junho. Entenda problema e veja como consultar o pagamento dos R$ 4 bilhões restantes do dinheiro esquecido.

Impacto da greve de servidores do Banco Central

Com servidores públicos em greve, o Banco Central ainda não divulgou datas para a segunda rodada de restituições, nem previsão para o calendário, mas informou que “a nova data será comunicada com a devida antecedência”.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Ao todo, são cerca de R$ 8 bilhões a serem devolvidos para 28 milhões de brasileiros. Na primeira fase, ficaram disponíveis 4 bilhões de reais. De acordo com o Banco Central (BC), todas as restituições devem acontecer ao longo de 2022. Para a segunda fase, a expectativa é de que sejam reembolsados R$ 4 bilhões pelo Sistema de Valores a Receber.

Como consultar se tenho valores a receber de bancos?

Site Valores a Receber segue fora do ar e atrasa início da segunda etapa de devolução do dinheiro esquecido
Site Valores a Receber segue fora do ar e atrasa início da segunda etapa de devolução do dinheiro esquecido (Foto: Reprodução/Valores a receber)

A consulta deve ser feita pela plataforma do Banco Central, Sistema Valores a Receber. O serviço permite que pessoas físicas e jurídicas verifiquem a existência de valores “esquecidos” em instituições do sistema financeiro brasileiro. Contudo, até a sexta-feira 3 de junho, a plataforma estava fora do ar para “aprimoramentos”.

Veja tutorial de como consultar saldo do dinheiro esquecido no site valores a receber

Quando o sistema voltar ao estado normal de funcionamento, a consulta pode seguir o passo a passo:

  • Informe CPF e data de nascimento nos locais discriminados para consulta de contas de pessoa física, ou CNPJ e data de criação no caso de contas de empresas.
  • Ao clicar em consultar, o sistema informará se você tem ou não dinheiro “esquecido” em alguma conta bancária
  • Caso não exista valor a ser resgatado, o sistema exibirá a mensagem: "Atualmente você não tem valores a receber", e informará seu CPF e data de nascimento destacando data para uma nova consulta.
  • Caso exista algum dinheiro a ser devolvido, o sistema informará que a consulta foi "realizada com sucesso", confirmará seu CPF e data de nascimento e informará o quando você deverá retornar ao site do Valores a Receber para solicitar a retirada do saldo disponível.
  • Para solicitação do resgate, será necessário nível ouro ou prata da conta no banco de dados do Gov.br - é possível fazer o cadastro gratuito pelo site, pelo aplicativo Google Play ou App Store

Como sacar dinheiro esquecido no banco?

Após a consulta para saber se você de fato tem algum dinheiro esquecido em contas bancárias antigas, você deverá retornar ao site do Valores a Receber na data e horário informados na primeira consulta, definida de acordo com calendário de nascimento dos cidadãos.

Neste segundo acesso, após fazer login com conta de nível ouro ou prata do gov.br você terá acesso ao exato valor disponível para resgate.

Para ter acesso ao dinheiro, você deverá escolher uma instituição financeira na qual tenha uma conta ativa. A transferência dos valores ocorrerá preferencialmente por Pix a partir da data indicada na plataforma.

Entenda mudanças nas regras para resgate do dinheiro esquecido pelo site valores a receber

*Com colaboração do jornalista Alan Magno

Mais notícias de Economia

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar