Participamos do

Ingressos em parques nacionais ficam mais caros a partir de novembro; confira

ICMbio reajusta preços da entrada e diversos serviços em dez parques nacionais, como Parque Nacional da Tijuca, Iguaçu, Fernando de Noronha e Lençóis Maranhenses
11:38 | Out. 01, 2021
Autor Irna Cavalcante
Foto do autor
Irna Cavalcante Repórter no OPOVO
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Quem está planejando visitar os parques nacionais brasileiros deve preparar o bolso. O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) anunciou que a tabela de cobrança de ingressos de acesso às unidades de conservação federais será reajustada a partir do dia 1º de novembro.

E não é apenas o bilhete de entrada, diversos serviços como passeios, estacionamento, aluguel de barraca de camping, entre outros, também ficarão mais caros.

 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, dia 1º de outubro. No Parque Nacional de Fernando de Noronha, em Pernambuco, por exemplo, o ingresso por dez dias que hoje custa R$ 126 para brasileiros e R$ 251 para estrangeiros, passará a custar, respectivamente, R$ 165 e R$ 330.

Veja quanto ficará o ingresso em cada parque:

Parque Nacional do Iguaçu (PR)
Ingresso, público em geral - R$ 88
Desconto Brasil (50%) - R$ 44
Desconto Mercosul (25%) - R$ 66
Desconto Entorno (90%) - R$ 9

Parque Nacional da Tijuca (RJ)
Ingresso Setor Corcovado, público em geral - R$ 44
Desconto baixa temporada (50%) - R$ 22

Parque Nacional de Brasília (BSB)
Ingresso, público em geral - R$ 32
Desconto Brasil (50%) - R$ 16

Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (PE)
Ingresso, público em geral, válido por 10 (dez) dias - R$ 330
Desconto Brasil (50%) - R$ 165
Moradores, parentes em primeiro grau, pessoas a serviço autorizadas - ISENTO

Parque Nacional Marinho dos Abrolhos (BA)
Ingresso, público em geral - R$ 104
Desconto Brasil (50%) - R$ 52
Desconto Mercosul (25%) - R$ 78
Desconto Entorno (90%) - R$ 10

Parque Nacional do Caparaó, Parque Nacional da Serra da Capivara, Parque Nacional de Itatiaia, Parque Nacional do Pau Brasil, Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros
Ingresso, público em geral- R$ 40
Desconto Brasil (50%) - R$ 20
Desconto Mercosul (25%) - R$ 30
Desconto Entorno (90%) - R$ 4

Parque Nacional Serra dos Órgãos (RJ)
Ingresso, público em geral- R$ 46
Desconto Brasil (50%) - R$ 23
Desconto Mercosul (25%) - R$ 34
Desconto Sazonalidade (75%) - R$ 11
desconto Entorno (90%) - R$ 5

Parque Nacional de Sete Cidades, Parque Nacional da Serra da Canastra
Ingresso, público em geral - R$ 24
Desconto Brasil (50%) - R$ 12
Desconto Entorno (90%) - R$ 2

Parque Nacional da Chapada dos Guimarães
Ingresso, público em geral- R$ 46
Desconto Brasil (50%) - R$ 23
Desconto Entorno (75%) - R$ 12

Parque Nacional da Serra da Bodoquena
Ingresso, público em geral - R$ 70
Desconto Brasil (50%) - R$ 35
Desconto Mercosul (25%) - R$ 52
Desconto Entorno (90%) - R$ 7

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses
Ingresso, público em geral - R$ 46
Desconto Brasil (50%) - R$ 23
Desconto Entorno (90%) - R$ 5

Demais unidades de conservação que dispõem de estrutura de cobrança
Ingresso, público em geral - R$ 21
Desconto Brasil (50%) - R$ 10

Em 2020, como forma de incentivar o turismo doméstico, o Ministério do Meio Ambiente atribuiu a brasileiros 50% de desconto no ingresso dos parques nacionais, é o chamado Desconto Brasil. 

Para isso, o turista deve comprovar a condição com a apresentação de documento com foto, RG, CNH, RNE (Permanente ou Residente), RNM ou Carteira de Registro Diplomático.

Já a concessão do desconto entorno se aplica aos residentes das localidades consideradas e publicadas como entorno, por ato da chefia de cada unidade de conservação.

De acordo com a portaria, as unidades que utilizam sistemas de agendamento poderão optar em fazer o agendamento sem a cobrança de ingressos.

Outros serviços

Algumas unidades de conservação também tiveram reajustados preços de serviços como aluguel de barraca de camping, estacionamento, autorização para filmagens e fotografias com fins comerciais, etc

Confira a lista completa dos serviços que tiveram preços reajustados

Os valores dos serviços administrativos, técnicos e outros serviços ligados às unidades de conservação federais que não constam nos anexos desta norma continuam vigorando e serão atualizados em instrumento específico.

Tenha acesso a reportagens especiais. Assine O POVO+ clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags