Participamos do

Lucro da Pague Menos sobe 380% no primeiro trimestre

Em comunicado a investidores, a companhia informou que lucro no primeiro trimestre chegou a R$ 44,2 milhões
10:13 | Mai. 04, 2021
Autor Irna Cavalcante
Foto do autor
Irna Cavalcante Repórter no OPOVO
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A rede de farmácias cearense Pague Menos registrou um lucro líquido de R$ 44,2 milhões no primeiro trimestre deste ano. Alta de 380% em relação a igual período de 2020. Em comunicado aos investidores, publicado nesta terça-feira, dia 4, a varejista também destacou o aumento das vendas online e do atendimento nas ClinicFarmas, espaço destinado ao atendimento farmacêutico dentro das lojas.

Segundo a empresa, com alta de 140% em relação ao primeiro trimestre de 2020, o canal digital representa hoje 6,1% das vendas totais. Já os espaços de atendimento farmacêuticos nas lojas resultou em um avanço de 180% no faturamento, com adoção de 6,2% da base total de clientes.

O ticket médio na rede passou a ser de R$ 73,28, alta de 22,8%. Com isso, no primeiro trimestre, a companhia teve um aumento de receitas na ordem de 6,8%, alcançando R$ 1,91 bilhão. O desempenho se deve, principalmente, ao crescimento de 9,6% nas vendas mesmas lojas (abertas há mais de 12 meses) e de 8,7% em lojas maduras. A venda média mensal por loja totalizou R$ 578 mil (alta de 10,6%).

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“O nível de crescimento é alto sobretudo considerando que a base de comparação do primeiro trimestre foi impactada pela antecipação de compras relacionada ao desdobramento da pandemia de Covid-19 em março de 2020″, informou a empresa no documento.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) subiu 27,1%, para R$ 159,3 milhões. A margem Ebitda foi de 8,3%, incremento de 1,2 p.p.

De acordo com a empresa, o resultado é “muito bom para um início de ano, que tipicamente conta com menor volume de vendas e margens”.

A rede de farmácias encerrou o período com 1.101 lojas distribuídas em 325 municípios, sendo 88,5% de lojas maduras. “Inauguramos em março de 2021 a primeira loja do novo ciclo de expansão, um mês antes da data planejada”.

Desde o IPO (oferta inicial de ações) na B3, em setembro do ano passado, as ações da companhia têm  valorização acumulada de 12,9%.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags