Participamos do

Confira as habilidades mais buscadas no momento da contratação e dicas de como desenvolvê-las

Habilidades como pensamento analítico e habilidade de autogestão estão entre os principais pontos buscados pelo mercado diante das alterações na dinâmica laboral gerada pela pandemia
12:28 | Fev. 19, 2021
Autor Alan Magno
Foto do autor
Alan Magno Estagiário de jornalismo
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Com as transformações no mercado de trabalho em decorrência da pandemia de Covid-19, o perfil desejado pelos empregadores também sofreu algumas alterações, conforme aponta o último relatório Relatório Futuro do Trabalho produzido pelo Fórum Econômico Mundial com base em análises do mercado internacional. Habilidades como pensamento analítico e habilidade de autogestão estão entre os principais pontos buscados no momento da contratação, especialmente motivadas pela adoção do sistema home office e do teletrabalho.

O relatório aponta duas principais tendências, a primeira associada à crescente busca por profissionais de áreas correlatas a análise de dados, ciência da computação e tecnologia da informação. E na outra ponta, a demanda pelo desenvolvimento de habilidades comportamentais por parte dos trabalhadores já empregados, com enfoque maior no pensamento analítico e na autogestão. Os dados fazem referência ao consolidado em 2020, a partir da análise de 16 indústrias multinacionais e da avaliação técnica do cenário econômico de 26 países.

Avaliando o estudo, Rebeca Toyama, especialista em estratégia de carreira, pondera que os profissionais precisam alinhar com seus contratantes o fortalecimento de conhecimentos relacionados ao uso de tecnologias para potencializar os resultados, sempre buscando inovação e criatividade diante do cenário desafiador gerado pela pandemia. “A palavra chave desse momento é a tão discutida requalificação, pois é a partir desse passo onde se consegue projetar um futuro com mais sentido, levando em consideração que nos próximos cinco anos as competências exigidas pelo mercado de trabalho mudarão completamente”, pondera.

LEIA MAIS | Indicador de Desemprego sobe 3 pontos em dezembro e é o maior desde 2017, diz FGV

Confira oportunidades de emprego e estágio disponíveis nesta quarta-feira (10)

+ Grupo de saúde anuncia a abertura de 250 vagas de emprego

Unimed Fortaleza abre 400 novas vagas de emprego

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Funções essencialmente manuais ou com grande chances de serem automatizadas devem sofrer redução significativa estimada em queda de 6,4% do número de vagas, conforme mostra a pesquisa. Em contrapartida, profissões associadas a grande conhecimento digital devem crescer até 5,7% no mundo todo. “Com base nestes números, estimamos que até 2025, 85 milhões de empregos pode ser reorganizados em decorrência de uma mudança mais profunda na divisão do trabalho entre humanos e máquinas, enquanto outras 97 milhões de vagas devem ser criadas para atender novas demandas associadas à nova ordem de trabalho”, aponta o estudo.

Além da necessidade de maior presença digital, as mudanças potencializadas pela pandemia fizeram emergir “habilidades de autogestão, como aprendizagem, resiliência, tolerância ao estresse e flexibilidade, e isto reforça descobertas anteriores sobre a importância do bem-estar para gerenciar e trabalhar remotamente”, explica Rebeca.

Confira lista com as principais habilidades requeridas pelo mercado entre 2021 e 2025:

1 Pensamento analítico e inovação
2 Aprendizagem ativa e estratégias de aprendizagem
3 Resolução de problemas complexos
4 Pensamento crítico e análise
5 Criatividade, originalidade e iniciativa
6 Liderança e influência social
7 Uso, monitoramento e controle de tecnologia
8 Projeto e programação de tecnologia
9 Resiliência, tolerância ao estresse e flexibilidade
10 Raciocínio, resolução de problemas e ideação
11 inteligência emocional
12 Solução de problemas e experiência do usuário
13 Orientação de serviço
14 Análise e avaliação de sistemas
15 Persuasão e negociação

Mesmo com a cobrança por tais habilidades, Rebeca pondera que o trabalhador necessita buscar constantemente um equilíbrio entre o lado profissional e pessoal. “Muitos não entendem a importância de se cuidar da saúde, ainda mais falando sobre a vida profissional, mas é a partir de uma vida saudável que o profissional consegue equilibrar produtividade e ter bem-estar”, detalha.

A especialista argumenta ainda que as reformulações no mercado de trabalho estão ocorrendo de forma acelerada devido a pandemia, mas que o profissional não pode entrar em um ciclo de cobrança por mudanças extremas rapidamente já que estamos em um período de adaptação e frisa a importância do desenvolvimento de tais habilidades de forma gradual e contínua.

Mestranda em psicologia e com formações em administração, marketing e tecnologia, a especialista elaborou algumas dicas que podem ajudar nesse processo de fortalecimento das habilidades buscadas pelos contrastes, sem deixar de lado a vida pessoal e o bem-estar físico e emocional.

Confira dicas de como manter o bem-estar enquanto desenvolve habilidades buscadas pelo mercado de trabalho:

1- Cuide do corpo para não comprometer sua capacidade de sentir o momento presente. Uma vida equilibrada e saudável, tendo em vista a presença da tecnologia na rotina de trabalho deve ser uma meta. Pausas programadas, ingestão de água, sono de qualidade, adoção de uma dieta balanceada são aliados neste processo;

2- Fique atento à forma como suas emoções interferem em sua análise. Para isso, planeje uma rotina e se esforce ao máximo para seguir o planejamento. Não respeitar seu espaço pessoal leva a um estresse que prejudica o desempenho profissional e pode inclusive conduzir a adoecimentos como exaustão mental, crises de pânico e adoecimentos constantes.

3- Entenda que sua mente não é você, e sim um instrumento poderoso e você deve aprender usá-lo a seu favor: meditação, exercícios de relaxamento, aplicativos de organização da rotina podem ajudar. Conversar com as outras pessoas da casa também é fundamental na tentativa de uma rotina de trabalho mais adequada.

5- Busque sempre ir além de reproduzir informações. Desenvolva a capacidade de inovar e colaborar com seus pensamentos. Mesmo que enfrente dificuldades, mostre iniciativa de aprendizado e proatividade na busca de caminhos para contribuir com os resultados desejados.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags