PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Ceará se prepara para produzir combustível renovável para aviação

Sedet projeta que pesquisa irá apresentar resultados em um ano e a usina de combustível renovável pode ter como sede o Aeroporto de Fortaleza

Everton Lacerda
00:37 | 18/02/2021
A negociação da Sedet prevê que o projeto piloto da usina aconteça no terreno da Fraport em Fortaleza.  (Foto: Aurelio Alves/ O POVO)
A negociação da Sedet prevê que o projeto piloto da usina aconteça no terreno da Fraport em Fortaleza. (Foto: Aurelio Alves/ O POVO)

Pesquisa em desenvolvimento no Ceará irá construir usina que irá permitir a produção de combustível renovável para aeronaves. A novidade foi divulgada nesta quarta-feira, 17, pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Estado do Ceará (Sedet) e a pasta prevê que o projeto seja desenvolvido nos próximos três anos.

A iniciativa está em fase inicial de pesquisa e a ideia é produzir combustíveis para aviação a partir de energias renováveis, como o gás hidrogênio, que pode ser obtido pela eletrólise da água.

Inicialmente, a negociação da Sedet prevê que o projeto piloto da usina ocorra no terreno da Fraport, em Fortaleza. A expectativa da pasta é que a pesquisa comece a apresentar resultados em um ano. Além de apoiar o projeto, o Governo do Ceará busca parceiros para financiar o projeto.

De acordo com o secretário executivo de Comércio, Serviço e Inovação da Sedet, Júlio Cavalcante, o projeto nomeado “Pro QR” é uma parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia do Brasil e a Agência de Desenvolvimento Alemão.

“A ideia chegou até nós por meio de um cearense que fez doutorado na Unicamp e criou uma empresa que já produz hidrogênio verde a partir da eletrólise da água, utilizando energias renováveis”, afirma Cavalcante.

Confirma aponta o titular da da secretaria, a planta para a produção do hidrogênio poderá ser feita em contêineres dentro do próprio aeroporto. “Será possível fazer a instalação dessas plantas em aeroportos que poderão produzir seu próprio combustível sem a necessidade de fazer transporte do querosene até lá”, concluiu o secretário Cavalcante.

Hidrogênio verde no Ceará

O Governo do Ceará assina nesta sexta-feira, 19, o acordo que vai dar o pontapé inicial para a instalação de um hub de Hidrogênio Verde no Estado. O combustível, produzido a partir de fontes de energias renováveis, é apontado como peça-chave no processo de descarbonização do planeta nos próximos anos.

SOBRE O ASSUNTO | O caminho do Ceará para conquistar o mundo com energia limpa

A ideia é montar no Complexo do Pecém uma planta-piloto de eletrólise que use como insumos as energias eólica e solar para produção de hidrogênio verde. O método utiliza corrente elétrica para separar o hidrogênio do oxigênio que existe na água. O projeto já tem, inclusive, um investidor australiano interessado.