PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Veja os produtos que mais pesaram para a alta de preços em 2020

No acumulado do ano a alta foi de 5,74%, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira, 12, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

Irna Cavalcante
11:52 | 12/01/2021
O óleo de soja foi o produto que teve maior alta em 2020 (Foto: Thais Mesquita/O Povo)
O óleo de soja foi o produto que teve maior alta em 2020 (Foto: Thais Mesquita/O Povo)

Em 2020, a inflação em Fortaleza teve alta acumulada de 5,74%, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira, 12, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O POVO preparou uma lista com os produtos que tiveram maior variação de preços no acumulado do ano. E os que ficaram mais baratos também.

O grupo alimentação e bebidas foi o que mais pesou para alta da inflação ao longo de 2020. Mas, dentro dessa categoria, existem alguns itens que disparam de preços. É o caso, por exemplo, do óleo de soja que teve alta de 121,39% no período. Em seguida, aparecem o arroz (82,74%), feijão fradinho (81,44%), tomate (62,13%) e cenoura (62,13%).

Na outra ponta, os bens móveis e serviços são os que apresentaram maior redução de preços. Destaque para os móveis infantis (-10,25%), o seguro voluntário de veículos (-8,99%), brinquedos (-8,42%), móveis para copa e cozinha (-8,3%) e o peixe-serra (-7,08%).

Diante da alta tão expressiva no preço dos produtos, o educador financeiro Marcelo Leite explica que é fundamental ao consumidor fazer um planejamento dos gastos. Tanto no sentido de pesquisar os locais de compra, como fazer um acompanhamento da evolução dos preços. "Porque a partir daí é possível ver o que pode ser substituído ou comprado em menor quantidade para não pesar tanto no bolso do consumidor". 

Confira os dez maiores vilões da inflação em 2020:

Óleo de soja - 121,39%

Arroz - 82,74% 

Feijão fradinho - 81,44%

Tomate - 62,13%

Cenoura - 52,42%

Batata-inglesa - 40,06%

Linguiça - 36,78%

Açúcar cristal - 31,6%

Maçã - 31,52%

Revestimento de piso e parede - 29,23% 

Confira os dez produtos que ficaram mais baratos em 2020

Móvel infantil -  -10,25%

Seguro voluntário de veículo- -8,99%

Brinquedo- -8,42%

Móvel para copa e cozinha- -8,3%

Peixe-serra- -7,8%

Móvel para sala- -7,61%

Anti-infeccioso e antibiótico- -7,53%

Caderno- -7,46%

Antigripal e antitussígeno- -6,93%

Mochila- -6,81%