PUBLICIDADE
Economia
Noticia

Ceará é quarto estado com maior volume acumulado de investimentos

O Produto Interno Bruto (PIB) atingiu a marca oficial de R$ 147,8 bilhões em 2017, fazendo com que a participação cearense no PIB nacional fosse a maior desde 2002

20:45 | 26/11/2019
Com a  implantação e ampliação possibilitou a vinda da Companhia Siderúrgica do Pecém, um investimento privado da ordem de US$ 5,4 bilhões, um dos maiores da América Latina nos anos recentes.
Com a implantação e ampliação possibilitou a vinda da Companhia Siderúrgica do Pecém, um investimento privado da ordem de US$ 5,4 bilhões, um dos maiores da América Latina nos anos recentes. (Foto: EVILÁZIO BEZERRA (30/08/2018))

O Ceará é o 4º estado brasileiro com maior volume de investimentos do País. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Produto Interno Bruto (PIB) atingiu a marca oficial de R$ 147,8 bilhões em 2017. O resultado fez com que a participação cearense representasse 2,25% no PIB nacional, a maior marca desde 2002.

O Porto do Pecém é considerado um dos principais impulsionadores da conquista. Após sua implantação e ampliação, se instalou no Estado a Companhia Siderúrgica do Pecém, um investimento privado da ordem de US$ 5,4 bilhões, um dos maiores da América Latina.

De acordo com o professor da Universidade Estadual do Ceará (Uece) e PhD em Desenvolvimento Regional pela Universidade de Barcelona, Lauro Chaves, a colocação do Estado em relação aos investimentos mostra que há um equilíbrio fiscal realizado pelo poder público, e que muito se deve aos investimentos realizados na áreas de educação, saúde e infraestrutura.

Outros destaques da economia cearense são os hubs marítimo, aéreo e de dados. "O Ceará representa 2% da economia do País, e os resultados equivalem ao processo mantido pelas fiscalizações para evitar que o Estado perca investimentos. Além de possuir uma excelente posição geográfica, que atrai diversos outros países, o Ceará mantém à frente de suas políticas, a representatividade em avanços tecnológicos", frisa.

Segundo o IBGE, de 2008 à 2018, o Estado apresentou crescimento acumulado do seu PIB de 26,87%, superior à taxa estimada pelo País. Com esse movimento, o PIB per capita do Estado superou a casa dos 52% do PIB nacional em 2018.

Confira o ranking com a colocação do estados brasileiros

Valores corrigidos pelo IPCA com base no ano de 2018.
Valores corrigidos pelo IPCA com base no ano de 2018. (Foto: Secretaria do Tesouro Nacional (STN))