Participamos do

Diretor da Klabin diz que Ceará sempre esteve na mira de atuação da empresa

19:29 | Set. 17, 2019
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após o anúncio da aquisição de uma planta industrial na cidade de Horizonte, no Ceará, o diretor de embalagens da Klabin, Douglas Dalmasi, disse em uma entrevista à rádio OPOVO CBN que o Estado sempre esteve na mira da companhia, por ser o terceiro no País com o maior consumo de embalagens.

O local que vai operar a maior produtora de papéis para embalagens do Brasil é a antiga fábrica da Heineken, desativada no fim de 2017. Com a compra, a Klabin planeja ampliar sua produção de embalagens de papelão ondulado, compreendendo o crescente mercado de fruticultura.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A fábrica industrial fica a 35 km de Fortaleza e a 90 km do porto do Pecém, em mais de 1 milhão de metros quadrados e possui mais de 30 mil m² de área construída. “O Nordeste para nós sempre foi uma região com bastante potencial e promissora. Olhando para os estados da Região, sempre estivemos presentes em locais com consumo de embalagens e o Ceará estava no radar”, conta o diretor.

O investimento inicial foi de R$ 48 milhões, segundo o diretor. Esse valor já possibilita a empresa a iniciar as operações industriais da primeira fase, prevista para o fim do ano. E sobre a geração de emprego, Douglas disse que para essa operação inicial cerca de 20 pessoas serão contratadas.

O Brasil é considerado o terceiro maior produtor de frutas do mundo, ficando atrás apenas de China e Índia. Em 2018, a produção nacional foi de 41 milhões de toneladas, sendo para consumo interno e para exportação.

Sustentabilidade

As embalagens que são produzidas pela empresa são feitas a partir de florestas plantadas e certificadas pela companhia, ou seja, são fontes sustentáveis e renováveis, além de serem recicláveis.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags