PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

China espera progresso em conversas com EUA, mas não vai retirar queixa à OMC

23:11 | 09/09/2019
O Ministério de Comércio da China disse nesta quinta-feira esperar que Pequim e Washington tenham "progresso substancial" nas discussões comerciais programadas para outubro.
Horas atrás, a China anunciou que irá enviar representantes para a capital dos Estados Unidos no próximo mês para mais uma rodada de negociações comerciais.
O anúncio veio após uma conversa telefônica do vice-premiê chinês Liu He, na manhã de hoje (pelo horário de Pequim), com o representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, e com o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin. Segundo o ministério, o diálogo por telefone foi "muito bom".
O ministério também reiterou que se "opõe fortemente" a uma escalada na guerra comercial com os EUA, mas afirmou que Pequim não irá retirar a queixa que submeteu recentemente à Organização Mundial do Comércio sobre as últimas tarifas americanas impostas a produtos chineses, parte das quais entrou em vigor no último domingo (01).
O ministério afirmou esperar ainda que os EUA parem de pressionar empresas chinesas como a Huawei, gigante de equipamentos de telecomunicação que acabou assumindo papel central na disputa comercial entre Washington e Pequim. Com informações da Dow Jones Newswires.