PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Fluxo cambial total de agosto é negativo em US$ 4,317 bi

23:09 | 09/09/2019
Depois de registrar entradas de US$ 2,912 bilhões em julho, o País fechou o mês de agosto com fluxo cambial negativo de US$ 4,317 bilhões, informou o Banco Central.
No canal financeiro, houve saída líquida de US$ 8,545 bilhões no mês passado, resultado de aportes no valor de US$ 39,754 bilhões e de retiradas no total de US$ 48,299 bilhões. Este segmento reúne investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.
No comércio exterior, o saldo de agosto ficou positivo em US$ 4,229 bilhões, com importações de US$ 14,975 bilhões e exportações de US$ 19,204 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 3,064 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 4,854 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 11,285 bilhões em outras entradas.
Total do ano
O fluxo cambial do ano até 30 de agosto (última sexta-feira) está negativo em US$ 6,526 bilhões, informou o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 24,178 bilhões.
No acumulado do ano até 30 de agosto, a saída líquida de dólares pelo canal financeiro foi de US$ 20,277 bilhões. Este resultado é fruto de aportes no valor de US$ 367,600 bilhões e de envios no total de US$ 387,877 bilhões.
No comércio exterior, o saldo anual acumulado ficou positivo em US$ 13,752 bilhões, com importações de US$ 113,059 bilhões e exportações de US$ 126,811 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 22,463 bilhões em ACC, US$ 32,730 bilhões em PA e US$ 71,618 bilhões em outras entradas.
Semana
O fluxo cambial da semana passada (de 26 a 30 de agosto) ficou negativo em US$ 921 milhões, informou o Banco Central.
No período, houve saída líquida pelo canal financeiro de US$ 2,115 bilhões, resultado de aportes no valor de US$ 8,799 bilhões e de envios no total de US$ 10,914 bilhões.
No comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 1,194 bilhão no período, com importações de US$ 3,762 bilhões e exportações de US$ 4,956 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 740 milhões em ACC, US$ 1,382 bilhão em PA e US$ 2,834 bilhões em outras entradas.