PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Sete consórcios e 1 empresa disputam leilão de iluminação pública de Porto Alegre

22:41 | 09/09/2019
Sete consórcios e uma empresa disputarão o leilão da PPP de Iluminação Pública de Porto Alegre, que acontece neste momento na B3. A Sadenco Sul-Americana de Engenharia e Comércio disputará o contrato para gerenciar o parque de iluminação pública da capital gaúcha pelos próximos 20 anos, com os consórcios Consilux (Zopone Engenharia e Comércio, Kirchner Consultoria em Energia, Mazza Fregolente e Cia., Ilumisul Soluções Urbanas); I.P. Sul (Quantum Engenharia, GCE SA, Fortnort Desenvolvimento Ambiental e Urbano, STE Serviços Técnicos de Engenharia); Poaluz (Enel X Brasil SA, Selt Engenharia, Mobit); Luz do Sul (Engeform, Sitran, Sigma); Ilumina Porto Alegre (Construtora Sanches Tripoloni, Alper Energia, Trail Infraestrutura Eireli, Trajeto Engenharia e Comércio Eireli); Ilumina Porto Alegre (FM Rodrigues, Brasiluz, Conasa) e Porto Alegre IP (BMPI Infra, Construtora Remo).
Vencerá o leilão quem apresentar o maior deságio em relação ao valor máximo de contraprestação, de R$ 741,5 milhões, ao longo de todo o período de concessão.
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) coordenou, em parceria com a Prefeitura de Porto Alegre, o desenvolvimento dos estudos de modelagem da PPP.
A assinatura do contrato deve ser feita no quarto trimestre deste ano, e os serviços estão previstos para começar no ano que vem.