PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Câmara rejeita destaque do PDT que retira pedágio de 100% da transição

11:02 | 09/08/2019
A Câmara rejeitou por 352 votos a 136 o destaque nº3, apresentado pelo PDT que retira da reforma o pedágio de 100% no Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e no Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) e manter apenas os requisitos de idade e tempo de contribuição (60 homem e 57 mulher + 35 homem e 30 mulher). O governo calcula que a alteração desta regra poderia ter uma redução na economia prevista com a reforma de R$ 110 bilhões em dez anos e, no longo prazo, praticamente anularia os efeitos da reforma.
O plenário passa agora a analisar o destaque nº 8 do PSB que retira do texto a reforma dispositivo que estabelece a elevação da regra de pontos na aposentadoria especial. Há ainda na fila um último destaque do PT, nº 9, que retira da reforma critério de cálculo dos benefícios em ambos os regimes e mantém a média de 80% dos maiores salários.