PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Caiado acha possível Estados e municípios entrarem na reforma ainda na Câmara

16:39 | 10/07/2019
O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), avaliou nesta quarta-feira, 10, que, caso a aprovação do texto da reforma da Previdência na Câmara ocorra por ampla margem de votos, seria possível a inclusão, por meio de destaque, de Estados e municípios no projeto ainda na votação de hoje.
"Acho que, no momento em que tivermos na votação do texto principal, uma ampla vantagem, extrapolando 360 votos, há possibilidade de colocar um destaque incluindo Estados e municípios", disse Caiado. Segundo ele, isso ocorreria "ainda na Câmara, ainda hoje (quarta), na primeira votação."
O governo precisa de 308 votos para aprovar o texto da reforma em primeiro turno na Câmara. A previsão é de que, após a aprovação da proposta, sejam votados os destaques.
Questionado se havia recebido alguma sinalização de deputados no sentido de apresentação de destaques para incluir Estados e municípios na reforma, Caiado afirmou que a análise era fruto de sua experiência no Congresso. "É faro político", disse.
Caiado está reunido nesta tarde de quarta-feira com o ministro da Economia, Paulo Guedes, na sede do ministério. Na pauta, está a intenção do Estado de Goiás de entrar no Regime de Recuperação Fiscal (RRF). "O Supremo Tribunal Federal (STF) já concedeu liminar para que entrássemos no Regime de Recuperação Fiscal. A situação do Estado é extremamente delicada", comentou Caiado na entrada do ministério. "Venho aqui discutir com ele (Guedes) a celeridade para apresentação dos documentos do Estado", acrescentou.

Agência Estado