PUBLICIDADE
Economia
turismo

Programa de stopover da TAP em Fortaleza deve começar ainda este semestre

Em Portugal, pelo menos 150 mil passageiros usufruíram do serviço em 2018

16:26 | 14/03/2019
Em Portugal, pelo menos 150 mil passageiros usufruíram do serviço durante 2018
Em Portugal, pelo menos 150 mil passageiros usufruíram do serviço durante 2018

A empresa aérea TAP incluiu nesta quinta-feira, 14, Fortaleza e outras quatro cidades brasileiras no programa de stopover. A ideia é que o turista em conexão estenda a permanência na cidade, sem custos adicionais, por até cinco dias. 

Além da capital cearense, serão beneficiadas com o programa Recife, Salvador, Rio de Janeiro e Brasília. A ação deve ter início neste primeiro semestre.

O lançamento da iniciativa ocorreu durante a Bolsa de Turismo de Lisboa, uma das principais feiras de turismo do mercado europeu. Em Portugal, pelo menos 150 mil passageiros optaram por estender a permanência com stopover durante 2018. 

De acordo com a TAP, o stopover funciona como um “acelerador do turismo internacional”. Entre os destinos escolhidos, Fortaleza poderá, com o programa, ganhar mais engajamento do turismo internacional. Secretário do Turismo no Estado, Arialdo Pinho diz que esta ação aponta para o “amadurecimento” dos destinos brasileiros na busca de mais turistas estrangeiros.

Segundo ele, "69% do público dos voos que chegam ao Ceará são ocupados por europeus". Assim, diz Arialdo, o stopover " é um grande potencial para os turistas que visitam o País e que chegam ou decidem partir de Fortaleza, que é uma grande porta de entrada dos turistas deste continente".

Em fevereiro, Arialdo esteve reunido com representantes da TAP e da Air France-KLM para estudar ofertas "mais atrativas" a serem oferecidas para que turistas estendam a estadia no Estado.

Para o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), a iniciativa "aquece a economia nas cidades brasileiras”, gerando receita extra e mais oportunidades.

Redação O POVO Online