Aurora boreal: qual foi o 1º registro feito pela humanidade?

Cientistas descobriram o registro mais antigo da aurora boreal em um texto chinês de 977 ou 957 a.C., três séculos mais velho que o anterior mais antigo

Ao longo da história, os humanos têm olhado com admiração para a maravilha astronômica que é a aurora boreal. Nós nos perguntamos o que é e contamos histórias sobre as luzes que brilhavam acima.

Em abril de 2022, cientistas descobriram o registro escrito mais antigo conhecido da aurora, anterior a uma descoberta anterior em cerca de três séculos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Os pesquisadores Marinus Anthony van der Sluijs, que atua de forma independente, e Hisashi Hayakawa, da Universidade de Nagoya, encontraram documentação na história chinesa e publicaram as descobertas.

Peças de Lego feitas com meteorito ajudam em construção de base lunar; ENTENDA

Quando o vento solar cria um fluxo de partículas carregadas – prótons e elétrons – que colidem com a atmosfera da Terra, ele cria as luzes do norte.

As partículas colidem com os átomos e moléculas da ionosfera da Terra, liberando energia que brilha visivelmente. A aurora pode assumir diferentes formas (arcos, listras, cortinas) e cores (verde, vermelho, roxo) dependendo de quais átomos o vento solar colide.

Aurora Boreal: como poderia ter sido o primeiro avistamento

Van der Sluijs e Hayakawa encontraram uma passagem, em um antigo texto chinês, chamada Os Anais do Bambu, ou Zhushu Jinian em mandarim, que fazia referência a essas cores.

A passagem, datada do século IV a.C., descreveu uma “luz de cinco cores” na parte norte do céu que pode ter ocorrido no final do reinado do Rei Zhao da dinastia Zhou.

Embora os pesquisadores não possam apontar uma data exata com certeza, eles arriscam que os chineses viram os fenômenos geomagnéticos no ano 977 ou 957 a.C.

O polo magnético norte da Terra, naquela época, era conhecido por ter sido inclinado para o lado asiático em meados do século X a.C., mais perto da China central em cerca de 15 graus do que atualmente.

Camada de gelo é detectada nos maiores vulcões de Marte; ENTENDA

Este seria o primeiro registro datável de uma aurora conhecido em qualquer lugar do mundo. A descoberta ocorre apenas dois anos após a do detentor anterior desta distinção – vários registros de auroras candidatas inscritas em tábuas cuneiformes por astrônomos assírios no período de 679-655 a.C.

Aurora Boreal: repetição recorrente nos próximos anos

Quanto mais ativo o sol, maior a chance de auroras vibrantes — e é exatamente por isso que podemos esperar auroras incríveis nos próximos anos.

O sol vem ganhando força continuamente desde o último mínimo solar em dezembro de 2019. Esta "temporada de aurora" está parecendo impressionante, pois o sol se aproxima de sua maior taxa de atividade — máximo solar — durante seu ciclo.

O ciclo solar descreve um período de atividade solar impulsionado pelo campo magnético do sol e indicado pela frequência e intensidade das manchas solares visíveis na superfície.

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar