Participamos do

Busto de mais de 2 mil anos é encontrado por mulher em loja de segunda mão no Texas

A obra havia sido vista pela última vez em Aschaffenburg, na Alemanha. Possivelmente um soldado levou o monumento para os Estados Unidos
09:50 | Mai. 11, 2022
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A colecionadora de arte Laura Young, moradora do Texas, foi surpreendida ao descobrir que um busto de mármore comprado por cerca de US$ 35 em uma loja de antiguidades, é na verdade uma escultura centenária desaparecida na Alemanha desde a Segunda Guerra Mundial. Agora a peça está temporariamente em exibição em um museu de San Antonio.

A obra havia sido vista pela última vez em Aschaffenburg, na Alemanha. Possivelmente um soldado levou o monumento para os Estados Unidos. De acordo com especialistas, que determinaram o valor inestimável do busto, encontrado na Goodwill em 2018 pela mulher, a obra já esteve na coleção do rei Ludwig I da Baviera. A escultura, a qual está exposta em um Museu de Arte de San Antonio, deve ser devolvida à Alemanha no próximo ano. As informações são do portal G1.

Empolgada com a descoberta, Laura Young disse que não acreditou a princípio, já que ela encontrou a peça no chão embaixo de uma mesa em uma loja de segunda mão em Austin, Texas. Segundo divulgou a estação de rádio KUT de Austin, a mulher fez um acordo para devolver o busto à Alemanha, as negociações ocorreram com intermediação de um advogado especializado em direito internacional da arte. 



Os valores e termos das tratativas entre governo alemão e Young são confidenciais. Ela comentou o fato de ter que abrir mão do busto e ressaltou não entender os sentimentos os quais tem neste momento: “Mas um sentimento misto, pois eu sabia que não poderia manter ou vender o (busto). De qualquer forma, estou feliz por ter sido uma pequena parte de (sua) longa e complicada história, e ele ficou ótimo em casa enquanto eu o tive", disse a mulher em aspas retiradas do portal G1.

Historiadores e um consultor da Sotheby's avaliaram o busto e acreditam se tratar de uma peça romana datada do século I a.C. ou primeiro século d.C. A imagem retratada seria do filho de Pompeu, o Grande, derrotado na guerra civil por Júlio César, relataram funcionários do museu ao informar o valor incalculável da escultura.

Bernd Schreiber, presidente da Administração de Palácios, Jardins e Lagos Estatais da Baviera comemorou o achado: “Estamos muito satisfeitos que um pedaço da história da Baviera que pensávamos estar perdido reapareceu e em breve poderá retornar ao seu devido local”, disse.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar