Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

E se mergulharmos carros elétricos na água? Entenda protocolo contra incêndios

O protocolo de contenção é necessário em veículos elétricos e híbridos com baterias de alta tensão, que causam incêndios químicos difíceis de controlar. Entenda como funciona o procedimento
23:28 | Ago. 25, 2021
Autor Mateus Brisa
Foto do autor
Mateus Brisa Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Bombeiros belgas chamaram atenção nos últimos dias com imagens do processo de imersão de um carro em um tanque de água. O procedimento tinha como objetivo o combate a incêndios, mas atraiu questões quanto à necessidade de mergulhar o veículo em água.

O carro nas imagens era um Volvo V60, um híbrido elétrico do tipo plug-in. Foi por isso que as autoridades executaram o protocolo de contenção que envolve água. Na ocasião, os agentes foram acionados para controlar um princípio de incêndio em Lovaina, cidade na região de Flandres, Bélgica, segundo publicação nas redes sociais.

O processo de imersão de um carro em um tanque de água na Bélgica chamou atenção. Entenda como funciona e o por quê do procedimento
O processo de imersão de um carro em um tanque de água na Bélgica chamou atenção. Entenda como funciona e o por quê do procedimento (Foto: Reprodução/Facebook)

No local, os bombeiros constataram que as chamas eram geradas pela bateria de alta tensão, do tipo íon-lítio, do carro. Essa categoria de baterias está geralmente associada a veículos elétricos e híbridos, mas causam incêndios químicos difíceis de controlar caso fiquem superaquecidas.

Após extinguir as chamas, o procedimento de mergulho é feito, de modo a impedir que oxigênio entre em contato com a bateria, eliminando assim a possibilidade de novos incêndios. Quando a situação fica estável, processo que pode demorar até semanas, a água é drenada e o carro é reciclado. Por estar contaminada, a água passa por uma limpeza e é devolvida à natureza.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Fiat lança no Brasil o 500e, seu primeiro carro 100% elétrico

mercado
16:48 | Ago. 10, 2021
Autor
Tipo

A Fiat anunciou a chegada ao Brasil do Fiat 500e, seu primeiro carro 100% elétrico. O preço inicial é a partir de R$ 239,9 mil.

O 500e tem autonomia de 320 quilômetros, de acordo com a fabricante, e pode ser recarregado em tomadas comuns de 110v ou 220v. O elétrico será vendido no Brasil em quatro opções de cores - branco, cinza, preto e verde. Virá com um pacote de equipamentos que inclui teto solar panorâmico, internet a bordo e multimídia com tela de 10,25" como principais equipamentos.

Com motor de 118 cv e 22,4 kgfm de torque, o novo modelo elétrico pode acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 9 segundos, garante a montadora. A capacidade do porta-malas permanece em 185 litros. 

O modelo terá a versão Icon no mercado brasileiro, que é a topo de linha. 

"O 500 é um carro com relevância na história da mobilidade mundial, que se reinventa a cada geração, para se tornar mais moderno, tecnológico e inovador. Com a sua versão elétrica não é diferente, marcando uma nova era na Fiat. Então, o seu lançamento merecia algo grandioso, como ele é. Por isso, juntamos o raio, um fenômeno eletrizante para mostrar o nosso fenômeno elétrico, o 500e. Tudo isso, em um lugar que também foi pioneiro em receber energia elétrica no Brasil", destaca Malu Antonio, gerente de Marketing e Comunicação da Stellantis para a América do Sul.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags