PUBLICIDADE
Curiosidades
NOTÍCIA

Qual a origem das expressões "custar os olhos da cara", "lágrimas de crocodilo" e "ok"?

Costumamos usar no dia a dia essas expressões que aprendemos com os mais velhos. Mas elas vieram de onde mesmo?

15:28 | 19/02/2021
A expressão
A expressão "lágrimas de crocodilo" significa que um choro é falso ou fingido (Foto: Reprodução/Pixabay)

Não é de hoje que o brasileiro utiliza expressões estrangeiras. Muitas com origens controversas e mais antigas do que podemos imaginar. Nós procuramos a história das expressões "lágrimas de crocodilo", "ok" e "custar os olhos da cara". Confira:

“Lágrimas de crocodilo”

A expressão usada para classificar um choro como falso surgiu no Egito Antigo, de acordo com o portal Aventuras na História. Em relatos antigos de Plínio, no século 1, os crocodilos do rio Nilo ficavam com lágrimas nos olhos para atrair suas vítimas antes de atacar. William Shakespeare utilizou a expressão para falar do choro fingido da mulher em Otelo, sua obra publicada em 1603. "Se com lágrimas de mulher fosse a terra fecundada, cada gota geraria um crocodilo".

A ciência afirma que há uma explicação para as lágrimas do crocodilo. As glândulas lacrimais e salivares ficam próximas e a pressão entre elas aumenta quando o animal mastiga, fazendo com que o choro aconteça.

LEIA MAIS | As origens do cearencês: deixe de ser aperreado que nós explicamos a origem de "aperreio"

“Ok”?

Usada para questionar, concordar ou finalizar uma conversa, a expressão “ok” tem uma origem confusa. O linguista Allan Metcalf publicou o livro OK, em que descreveu 18 possíveis origens do termo e classificou a palavra como "a mais bem-sucedida e sensacional da língua inglesa".

Um dos primeiros registros do termo é de 1839, quando o editor do Boston Morning Post, Charles Gordon Greene, utilizou a expressão como “all correct” (tudo certo, em inglês). Segundo o Aventuras na História, essa é a teoria mais aceita da origem da palavra. Charles Gordon fez um trocadilho irônico com a abreviação, em vez de usar “AC”, o editor optou por utilizar as letras do fonema da expressão (oll korrect).

Nos últimos anos, o termo gerou memes nas redes sociais por causa do presidente Jair Bolsonaro, que repete em muitas falas a frase “tá ok”.

LEIA MAIS | Descubra a origem das expressões "fazer uma vaquinha" e "terminar em pizza"

“Custa os olhos da cara”

Segundo o portal Aventuras na História, Diego de Almagro foi o primeiro homem a pagar com “os olhos da cara”. A expressão surgiu durante as primeiras expedições dos espanhóis na América.

O conquistador Diego de Almagro e o general Francisco Pizarro González foram em busca das riquezas do Novo Mundo, em 1524. A primeira expedição chegou ao Equador, a segunda desembarcou na costa da Colômbia, quando os conquistadores tiveram o seu primeiro contato com os incas. Os nativos confirmaram a existência das riquezas tão sonhadas pelos reis da Espanha e os viajantes partiram para conquistar o território do Peru.

LEIA MAIS | As origens do cearencês: esse negócio de "arengar" com os outros veio de onde?