PUBLICIDADE
Curiosidades
Noticia

Pai registra filho no cartório como 'Gabriel Arrascaeta' após Flamengo conquistar a Libertadores

A criança se chamaria Vitor Hugo, mas o nome foi repensado após o time rubro-negro levantar a taça da competição entre clubes da América do Sul

Walber Freitas
10:50 | 03/12/2019
 O nome é uma homenagem ao irmão de Alex, enquanto os sobrenomes fazem referência ao atacante e ao meio-campista do Flamengo
O nome é uma homenagem ao irmão de Alex, enquanto os sobrenomes fazem referência ao atacante e ao meio-campista do Flamengo (Foto: Reprodução)

O torcedor do Flamengo é só alegria com as conquistas deste ano, principalmente, após levantar a taça da Libertadores da América. O rubro-negro Alex Bastos, de 34 anos, tomado pela emoção causada pelos títulos, registrou a certidão de nascimento do filho com dois nomes de jogadores que foram fundamentais para a campanha de 2019. Os homenageados são Gabigol e Arrascaeta.

Vitor Gabriel Arrascaeta Sant'ana Bastos, nascido em 22 de novembro de 2019, em Mesquita, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Assim Alex registrou seu filho no Cartório da cidade.

Ao jornal O Globo, o torcedor disse que o nome é uma homenagem ao seu irmão, enquanto os sobrenomes fazem referência ao atacante e ao meio-campista do Flamengo. Porém, para registrá-lo, precisou da aprovação da esposa Maralina Sant'ana, 34, que é vascaína fanática.

Gabriel Arrascaeta nasceu no dia 22 de novembro de 2019, em Mesquita, no Rio de Janeiro
Gabriel Arrascaeta nasceu no dia 22 de novembro de 2019, em Mesquita, no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução/Facebook)

"Eu ia registrar sem falar com ela, mas pensei "poxa, não posso fazer isso". Ela é vascaína, a família toda dela também, mas no final não acharam ruim. Ela só está falando para vizinhos e professores para não chamarem a criança de Arrascaeta", brinca o advogado em entrevista ao O Globo.

O advogado e sua esposa viajaram para Lima, no Peru, onde acompanharam de perto a conquista da Libertadores. Antes do Flamengo levantar a taça da competição, a criança se chamaria Vitor Hugo. Mas, Alex repensou e prestou uma homenagem aos seus ídolos.

Rubro-negro Alex Bastos e sua esposa viajaram para acompanhar a decisão da Copa Libertadores
Rubro-negro Alex Bastos e sua esposa viajaram para acompanhar a decisão da Copa Libertadores (Foto: Reprodução/Facebook)