PUBLICIDADE
NOTÍCIA

MP convida vítimas de prefeito afastado acusado de estupro para prestar depoimento

O objetivo é ouvir as mulheres que relatam casos de crimes sexuais envolvendo o médico para a coleta de depoimentos e provas

15:00 | 16/07/2019
José Hilson de Paiva, prefeito de Uruburetama, é acusado de abuso sexual
José Hilson de Paiva, prefeito de Uruburetama, é acusado de abuso sexual(Foto: FABIO LIMA/O POVO)

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) convidou, na tarde desta terça-feira, 16, todas as vítimas e testemunhas que denunciam o prefeito afastado de Uruburetama, José Hilson Paiva, por crimes sexuais. A Promotoria de Justiça de Uruburetama realizará atendimentos a partir das 10 horas dessa quarta-feira, 17. Serão ouvidas todas as pessoas que quiserem prestar depoimento.

Haverá atendimentos ainda na cidade de Cruz, onde também há registros de abusos cometidos por José Hilson. No Município, as vítimas e testemunhas serão atendidas a partir das 14h30min na sede da Promotoria de Justiça da cidade (Av. Antônio Muniz Neto, 1, Praça dos Três Poderes).

O MP quer colher provas e depoimentos de todas as mulheres que relataram crimes sexuais envolvendo o médico. A entidade garante que todos os depoimentos permaneçam em sigilo assim como a identidade das pessoas que se dispuserem a comparecer.

O Ministério Público será representado nas cidades por membros do Núcleo de Investigação Criminal (Nuinc), Núcleo de Atendimento às Vítimas de Violência (Nuavv), Núcleo Estadual de Gênero Pró-Mulher (Nuprom) e das Promotorias de Justiça de Uruburetama e Cruz.

A investigação

A investigação do prefeito de Uruburetama, José Hilson de Paiva, por suspeita de crimes sexuais está em curso no MPCE. Algumas das vítimas que denunciaram o caso à Polícia já foram ouvidas pelos promotores de Justiça. Os primeiros registros de estupros, conforme denúncias de vítimas, aconteceram duas décadas atrás.

Conforme o MP, as medidas judiciais serão tomadas em momento oportuno.

Redação O POVO Online