PUBLICIDADE
Noticia

Quadrilha explode agência bancária em Salitre, no Cariri

Grupo criminoso usou explosivos para acessar agência bancária

10:26 | 29/07/2019
Agência foi atacada por volta das 2 horas da madrugada
Agência foi atacada por volta das 2 horas da madrugada(Foto: WhatsApp O POVO)

Um grupo criminoso atacou, por volta das 2 horas desta segunda-feira, 29, uma agência bancária no município de Salitre, na Região do Cariri Oeste. A agência do Bradesco funciona no centro da Cidade distante 531,5 km da Capital.

A quadrilha usou explosivos, destruindo parte da agência e acordando moradores da região na madrugada. Moradores relatam que "foi uma madrugada de medo e intranquilidade" e que nunca presenciaram ação tão violenta. Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que homens armados chegaram ao município por volta de 2 horas, explodiram caixas eletrônicos e o cofre do local. Os infratores fugiram em seguida. 

"A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foi acionada e seguiu para a agência, para a realização dos procedimentos cabíveis. Uma equipe da Delegacia Municipal de Campos Sales, da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), também seguiu ao local do crime e trabalhará em conjunto com a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), que também seguiu ao município de Salitre", diz a nota da SSPDS.

Conforme testemunhas, criminosos gritavam durante a ação. Não foi informado o valor levado da agência. Equipes do Comando Tático Rural (Cotar), do Batalhão de Divisas, e dos destacamentos de Campos Sales e Salitre participam do trabalho de busca aos suspeitos. Ainda não há confirmação de pessoas presas.

Denúncias

Pessoas que tenham informações podem colaborar com os trabalhos policiais denunciando pelo número 181, o Disque-Denúncia da SSPDS. Também podem ser feitas denúncias para a DRF pelos números (85) 3101.1140 / 3101.1141; ou ainda para os telefones (88) 3537-1077 e (88) 9 9284.4639, do destacamento da Polícia Militar, em Salitre.

A Polícia garante o sigilo e o anonimato das fontes.

Colaborou Amaury Alencar/Especial para O POVO

Redação O POVO Online